Para melhorar oferta de sistema de transporte que atende à Ufam, reitor apresenta demandas à SMTU

 

 

Carla Santos

Equipe Ascom 

 

Reitor esteve na SMTU apresentando demandas à autarquiaReitor esteve na SMTU apresentando demandas à autarquia

Tempo, qualidade e oferta. Três palavras que têm relação direta com o serviço de transporte urbano das grandes cidades, mais especificamente em Manaus e no campus universitário da Ufam, para onde precisam ser conduzidas milhares de pessoas ao longo de um período letivo.

 

Na manhã desta quinta-feira, agentes da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), da estrutura administrativa da Prefeitura Municipal de Manaus, percorreram diversos pontos viários no campus, visando à avaliação de possíveis medidas para melhorar a oferta do serviço à comunidade. A passagem da equipe da Autarquia é resultado da recente visita institucional realizada pelo reitor da Universidade, professor Sylvio Mario Puga Ferreira, ao superintendente daquele órgão, coronel Franklides Ribeiro. Na oportunidade, o reitor protocolou pedidos de competência de execução daquele órgão, entre eles: 

 

1- Ampliação da frota de ônibus das linhas 125, 616, 352 e Integração; 

2- Pedido para que a Linha 125 inicie o regime de Integração dos estudantes ao Campus, a partir da parada de ônibus localizada a partir da parada localizada na altura do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). 

3- Renovação da frota de ônibus da linha Integração 

4- Criação de novas linhas de ônibus para o Campus Universitário, sendo uma delas com itinerário do Terminal 3, seguindo pela Avenida das Torres até a Ufam 

 

Com ferramenta de mapeamento aéreo, reitor indica pontos de grande fluxo viário no entorno da UfamCom ferramenta de mapeamento aéreo, reitor indica pontos de grande fluxo viário no entorno da Ufam

Em sua argumentação para demandar mudanças, o reitor informou sobre o grande quantitativo de pessoas que acessam a Universidade. "Atualmente, mais de 15.000 pessoas frequentam a Ufam, entre docentes, técnicos e universitários. Desse total, mais de 4.600 são calouros, ou seja, acabaram de ingressar na Instituição. Nosso objetivo é garantir que esse vivência acadêmica seja de qualidade para todos", afirmou. Ele também informou sobre os horários de maior fluxo de veículos no entorno do campus.

O superintendente da SMTU, coronel Franklides Ribeiro, recebeu os ofícios com os pedidos formalizados e procedeu à indicação de gestores da própria Superintendência para que estes tomem providências no sentido de atender prioridades que possam ser implementadas em curto espaço de tempo.   

"Vamos dar início às nossas ações enviando à Universidade técnicos para mapear as vias e pontos aos quais os alunos têm acesso aos coletivos. Estamos à disposição para colaborar no que for", garantiu. 

Da reunião na SMTU participaram, ainda, a pró-reitora da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), Vanusa Firmo, a diretora do Departamento de Assistência Estudantil (Daest), Mônica Barbosa e a prefeita do Campus Universitário (PCU), Carmem Silvia Viana Guimarães, todas pela Universidade Federal do Amazonas. Pela SMTU, acompanharam: a assessora do gabinete, Vera Caminha, o diretor da Diretoria de Transportes, Robson Falcão, a diretora da Chefia de Transporte Coletivo, Eliete Miranda e o chefe da Divisão de Fiscalização, Laerton Souza.    

 

Gestores da Ufam e SMTU registram momento da reunião que já resulta em ações prioritáriasGestores da Ufam e SMTU registram momento da reunião que já resulta em ações prioritárias