Cine Vídeo Tarumã faz homenagem à Agnes Varda

 

Essa semana, o Cine Vídeo Tarumã  realiza homenagem à diretora francesa Agnès Varda, que morreu no último dia 29 de março. Ela ficou bastante conhecida por sua relação com os cineastas da ‘nouvelle vague’ e também por suas posições políticas e inclusão da pauta feminista em seus filmes. Os selecionados são ‘Cléo das 5 às 7’, ‘No Estúdio de Chris Marker’ e ‘Visages Villages’. As sessões são gratuitas e irão acontecer entre os dias 15 e 17 de abril. As sessões começam às 12h30 e ocorrem no auditório Rio Negro, localizado no hall do IFCHS, setor norte do campus.

A semana inicia com a exibição dos filmes ‘No Estúdio de Chris Marker’ e ‘Cléo das 5 às 7’ na segunda-feira, dia 15. O primeiro é um curta documentário sobre o importante cineasta francês Chris Marker. Conhecido por sua vontade de não estar nos holofotes, Varda conduz com sua câmera um olhar intimista sobre Marker e suas obras. Depois, será exibido o longa ‘Cléo das 5 às 7’, responsável por lançar o nome da cineasta no circuito mundial. Cléo é uma cantora de música pop que realiza um exame para saber se está com câncer de estômago. Ao esperar o resultado do exame, ela sai pelas ruas de Paris relembrando sua vida e seus amores.

Fechando a semana um pouco mais cedo, na quarta-feira, 17, é a vez de ‘Visages Villages’, que Varda co-dirigiu com o fotógrafo e muralista francês JR. Os dois saem em uma viagem pelo interior da França fazendo retratos de pessoas comuns, trabalhadores, artistas e amigos de longa data, revelando em cada foto a empatia e sensibilidade que existem em homens e mulheres mundo a fora.