Instituto de Natureza e Cultura forma novos bacharéis e licenciados em Benjamin Constant

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

O Instituto de Natureza e Cultura (INC) da Ufam em Benjamin Constant, município distante cerca de 1.120 km (em linha reta) da capital Manaus, localizado na tríplice fronteira com o Peru e a Colômbia, realizou na noite de terça-feira, 07, a cerimônia de outorga de grau de 38 novos bacharéis e licenciados dos cursos de Administração, Antropologia, Ciências Agrárias e do Ambiente, Ciências – Biologia e Química, Letras – Língua e Literatura Portuguesa e Língua Literatura Espanhola, e Pedagogia, do primeiro semestre de 2018.

Professores, técnico-administrativos, familiares e autoridades locais prestigiaram a formatura dos estudantes, que passam a partir de agora a exercer a profissão em prol das populações do Alto Solimões, microrregião formada por nove municípios, sendo os principais Tabatinga, Benjamin Constant e São Paulo de Olivença.

A cerimônia foi presidida pelo reitor da Ufam, professor Sylvio Puga. Em seu discurso, o reitor destacou os esforços da instituição para que o instituto se torne, no futuro, mais uma universidade federal na região. “Estamos trabalhando para que esta unidade acadêmica se torne uma universidade. Se isso efetivamente acontecer, teremos, de forma inédita, mais uma universidade federal no Amazonas. Isso é uma luta nossa”.Criação de mais uma universidade no Amazonas e maior número de formados com qualidade na graduação foram os principais destaques do reitorCriação de mais uma universidade no Amazonas e maior número de formados com qualidade na graduação foram os principais destaques do reitor

Outro ponto sublinhado pelo gestor da instituição foi o projeto 'Taxa de Sucesso na Graduação', que garante à Ufam mais recursos para investimentos no ensino, na pesquisa e na extensão. “Hoje estamos entregando para a sociedade amazonense do Alto Solimões os melhores profissionais nas suas respectivas áreas. Quanto mais formamos com qualidade um maior número de alunos, mais recursos entram para a universidade. Em vista disso estamos trabalhando com a Pró-reitoria de Ensino de Graduação um arrojado projeto chamado Taxa de Sucesso na Graduação. Isso faz com que os nossos números de formados aumentem, sem perder, evidentemente, a qualidade dos nossos cursos. Vocês serão vitoriosos, pois o diploma da Ufam pesa em qualquer circunstância”, ressaltou o professor Sylvio Puga.

O diretor do instituto, professor Ricardo Barbosa, lembrou aos estudantes que mesmo formados, a universidade continuará de portas abertas para novas oportunidades. “O instituto só existe quando vocês retornam para trabalhar como professores, servidores. Parabéns aos formados e familiares”.

A paraninfa dos cursos, professora Márcia Nascimento, destacou responsabilidade e compromisso como requisitos fundamentais para o exercício da profissão. “Cada profissão tem seu papel na sociedade. Exerçam com responsabilidade e compromisso o pacto [juramento] proferido por vocês nesta noite. Parabenizo a todos pela jornada concluída. Mas ainda há muitos degraus a subir”.

Responsabilidade e compromisso com a região também foram temas reforçados pelo secretário municipal de Educação de Tabatinga, Valdiney dos Santos, para os recém-formados. “Quero agradecer imensamente à Universidade Federal do Amazonas por proporcionar ao Estado do Amazonas, para o Alto Solimões, tanta mão de obra qualificada. A partir de agora, vocês passam a ser responsáveis em transformar a sociedade para melhor, preservar o meio ambiente e cuidar do povo tão necessitado desta região. Só a Educação pode proporcionar tudo isso. Aos bacharéis e licenciados, vão e vençam, pois o estado precisa da nossa luta”.

Confira a relação de formados

Bacharéis

Administração – Turma professora Marinilde Ferreira

Adriely Guimarães Santana / Alessandro Viana Barros / Bryan Marinho Holanda / Ednardo João Reis Ramos / Greicianny Guimarães dos Santos (Juramentista) / Herman Garcia Lima / Idelcimar Ramos de Paula / Karina de Lima Vargas / Maicon Leandro / Maricilania Pinto dos Anjos / Panmela Ramires da Silva / Ricardo Ramires Batista / Rosalina Luiza Moraes Elias / Taísa Nathali dos Anjos Barbosa / Vanessa Alvarado de Lima

Paraninfo: professor Francisco Olímpio

 

Antropologia – Turma professor Rodrigo Reis

Ana Cássia Vieira Garcia / Elaine da Silva e Silva / Luciane Samias Forte (Juramentista) / Micleia Pereira Vasques

Paraninfo: professor Widney de Lima

 

Licenciados

Ciências Agrárias e do Ambiente – Turma professora Antônia Dácio

Celice Balieiro dos Santos / Daniela Gonçalves Arévalo / Delneres Nascimento de Paula / Fabison Fernandes Ipuchima (Juramentista) / Francisco de Souza Lopes / Gilvan da Costa Ramos / Marcelo Rocha Ipuchima / Robson Pinto Peres.

Paraninfo: professor José de Ribamar

 

Ciências: Biologia e Química

Itayruã Gomes Guida / Tainá Castro de Souza (Juramentista).

Paraninfa: professora Márcia Nascimento

 

Letras – Língua e Literatura Portuguesa e Língua e Literatura Espanhola – Turma professora Lesly Yong

Ana Carla Catique de Lima / Diana Oliveira de Souza / Janisse Ivette Torres Abisrror / Marquisete Murayare de Almeida / Odirley Assis Mariano / Richardson Borges Maia (Juramentista)

Paraninfo: professor Jorge Luís

 

Pedagogia – Turma professora Ana Lúcia da Silva

Adriana Pereira Gomes (Juramentista)/ Alex Félix Martins / Yara Lima Pereira.

Paraninfa: professora Gilvânia Braule

 

Professor convidado

Márcio Antônio Mota (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – campus Tabatinga)