Secretaria dos Conselhos Superiores da Universidade divulga calendário das reuniões do mês de outubro

A Secretaria dos Conselhos Superiores da Universidade Federal do Amazonas divulga o calendário das reuniões do mês de outubro, conforme se segue:

CONSAD, reunião ordinária dia 14/10/2013, às 08 hs;

CONSAD, reunião extraordinária dia 15/10/2013, manhã e tarde;

CONSUNI, reunião ordinária dia 17/10/2013, às 08 hs;

CONSUNI, reunião estraordináriadia 18/10/2013, manhã e tarde.

II Encontro dos Estudantes de Geografia do Amazonas acontece de 25 a 28 de novembro

"Formação e mercado de trabalho no contexto atual" é tema do II Encontro dos Estudantes de Geografia do Amazonas (II EEGAM) que acontece de 25 a 28 de novembro, na Universidade Federal do Amazonas

Leia mais...

Curso de Licenciatura Indígena promove Mostra Científica em São Gabriel da Cachoeira, de 25 a 29

O curso de Licenciatura Indígena Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável, em parceria com a FOIRN e FAPEAM, promove no período de 25 a 29 de outubro, no município de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilometros de Manaus), a Mostra Científica Poterikhanã Mahsise Yawara Akanga, a qual objetiva socializar os conhecimentos produzidos e sistematizados por meio de pesquisas realizadas pelos estudantes indígenas das turmas Tukano, Baniwa e Nheengatu. O evento ocorrerá no auditório da Escola Estadual Sagrada Família.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (MostraCientifica.pdf)Veja Programação[ ]4194 kB

Leia mais...

Comvest divulga gabarito de concurso

“A realização do Concurso Público para preenchimento de 174 cargos para nível médio e superior, para o quadro de servidores da Ufam, ocorrido neste domingo, 6, foi marcado pela tranquilidade”. É o que garante a diretora da Comissão Permanente de Concursos (Comvest), professora Ana Galota, que informa que para o certame foram inscritos, aproximadamente, 18 mil candidatos.

 

Para a diretora Ana Galota, todas as estratégias que pudessem contribuir para o bom andamento do certame foram aplicadas no domingo, o que permitiu tranquilidade na realização do concurso, tanto na capital, quanto nas cinco Unidades Acadêmicas do interior.  Ela aproveitou para ressaltar que o prazo para a entrega do requerimento de recurso, tanto presencial quanto on-line,  é de, no máximo, 48 horas após a divulgação do gabarito da prova objetiva que já se encontra no site da Comvest http://www.comvest.ufam.edu.br/.

 

Segundo a professora, a maior concorrência foi para o cargo de NM01 - Assistente Administrativo (Ensino Médio), com mais de 10 mil candidatos disputando as 55 vagas oferecidas. O cargo menos concorrido foi o NM03 - Técnico de Laboratório Multimídia, também de Ensino Médio, com apenas seis candidatos inscritos disputando uma vaga.    

A diretora-presidente da Comvest agradeceu o apoio da Polícia Militar, que disponibilizou 9 viaturas para fazer a escolta de saída e distribuição das provas até os locais de destino e elogiou o trabalho da equipe do plantão médico. “A equipe da Comvest tem compromisso e aqui somos uma verdadeira família. Todos trabalham para que tudo dê certo. O certame teve total êxito”, finalizou a diretora-presidente da Comvest.

O resultado do concurso está previsto para ser divulgado no dia 08 de novembro de 2013.

 

 

 

Cine Museu Amazônico exibe “Balbina no país da impunidade”

A Universidade Federal do Amazonas, por meio do projeto Cine Museu Amazônico, exibe nesta quarta-feira, 9, às 10h, no Instituto de Educação do Amazonas (IEA), na Rua Ramos Ferreira, nº 909, no Centro, com entrada franca e aberta ao público, o filme “Balbina no país da impunidade”, do diretor Rogelio Casado. O filme faz parte da Mostra Amazônia: cidadania violentada. Além da exibição do filme haverá um debate entre o diretor da obra com o público presente sobre a atual a situação de Balbina e questões relacionadas ao meio ambiente. O violonista Mauri Mrq, antes da exibição do filme, apresentará três números musicais relacionados ao tema ambiental.

Cine Museu Amazônico

O Cine Museu Amazônicoé um projeto de extensão, pedagógico e sem fins lucrativos de iniciativa do Museu Amazônico da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), por meio dos seus coordenadores, James Araújo e Regina  Lúcia Vasconcellos, com curadoria do professor Renan Freitas Pinto e James Araújo e projeto gráfico da designer Verônica Gomes.

 

Em 2010, por meio do projeto “A Amazônia dos Viajantes”, o Museu Amazônico realizou o subprojeto “Cinema na Escola”, com a coordenação geral de James Araújo, cujo tema foi a Amazônia sob o ponto de vista da lente dos vários diretores exibidos na Mostra. Nesse sentido, a Mostra “Amazônia: cidadania violentada” é um aprofundamento do estudo desse olhar, porém, agora, com a visão voltada aos vários megaprojetos de desenvolvimento e ocupação da Amazônia que resultaram em uma violência brutal tanto da natureza física quanto da natureza humana. Em relação à natureza física, o ecossistema sofreu e continua sofrendo um desequilíbrio de dimensões, ainda, não conhecidas. Provocado por força do desmatamento indiscriminado, das queimadas criminosas, do uso predatório do solo, de agentes químicos nocivos, a violência e agressão ao ecossistema se estenderam à flora, à fauna e à pesca. Em relação à natureza humana, o homem foi a grande vítima. Enganado na sua boa fé pelos megaprojetos de desenvolvimento e ocupação da Amazônia, ele foi submetido ao trabalho escravo, à rudeza e intolerância dos donos dos grandes latifúndios, ao confronto com os silvícolas, que o levou à morte, a prostituição infantil e ao abandono em condições precárias e sub-humanas nos lugares mais longínquos da Amazônia. Para retratar, de modo consequente, essa realidade dramática de agressão tanto ao ecossistema quanto ao homem amazônico, a temática “Amazônia: cidadania violentada” vem exibindo filmes no IEA. Em sua maioria, documentários realizados por artistas que se debruçaram sobre a questão da violência perpetrada ao longo do processo histórico de ocupação da Amazônia.

 

 

Balbina no país da impunidade

 

Balbina no país da Impunidade éum vídeo de urgência (assim definido pelo diretor do filme-documentário) sobre um dos maiores impactos sócio-ambientais e violência à dignidade humana. ‘‘No dia 1º de outubro de 1987 fechava-se a última adufa da hidrelétrica de Balbina e, desta forma, iniciava-se a obstrução do rio Uatumã e a formação de um gigantesco lago de 236 mil hectares em pleno coração da Amazônia. Balbina não é apenas mais um empreendimento polêmico na região, mas sim a concretização de uma das mais desastrosas intervenções humanas sobre um curso de água, afetando drasticamente cerca de 500 km  de um importante rio da Amazônia Central. A decomposição da imensa biomassa da floresta dentro do reservatório muito raso e com tempo de renovação da água extremamente longo indicam para os ecologistas que Balbina é, do ponto de vista ambiental, o pior lago artificial da biosfera’’ (Rogério Gribel).

 

 

Rogelio Casado

 

É médico especialista em saúde mental. Possui mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia, pela Universidade Federal do Amazonas/UFAM, com a dissertação "Cidade e Loucura: espacialização da "doença mental" e o processo de desinstitucionalização psiquiátrica na cidade de Manaus" (2011). É criador das ongs: Rede de Amizade & Solidariedade às Pessoas com HIV/Aids e Associação Chico Inácio, entidade do campo da luta por uma sociedade sem manicômios. Foi coordenador estadual de Saúde Mental e Pró-Reitor de Extensão da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

 

 

Palestra sobre melhoramento genético de gado leiteiro acontece na Ufam no próximo dia 08 de outubro

 

Na Ufam, o evento é apoiado pelo Laboratório de Anatomia e Fisiologia Animal (LAFA), coordenado pela professora Roseane Oliveira. A palestra “Melhoramento genético da raça Girolando/GIR Leiteiro”  será proferida pelo médico veterinário e melhorista genético Thiago Ferreira. Durante a programação serão abordados temas como  a produção de leite no Amazonas; o potencial da raça Girolando para leite; como a raça Girolando deve ser conduzida para melhorar a quantidade de leite produzida e como se dá a aquisição de matrizes deste tipo de gado para serem melhoradas geneticamente.

A palestra é uma realização da empresa Alta Genetics do Brasil e ocorre a partir das 14h no auditório Paulo Burhein, Setor Sul do Campus Universitário Artur Virgílio Filho.