Projeto de extensão da Ufam é selecionado em edital nacional de divulgação científica

Projeto aproxima Astronomia para estudantes da educação básica.Projeto aproxima Astronomia para estudantes da educação básica.

 
Por Sandra Siqueira 
Equipe Ascom Ufam

Apresentar os segredos do universo para crianças e adolescentes é objetivo do projeto de extensão da Ufam, Cosmos. A iniciativa foi selecionada, entre mais de 800 em todo o país, para concorrer a financiamento em edital nacional de incentivo a divulgação da ciência.

O projeto Cosmos é um dos 50 selecionados pelo edital Serrapilheira, que prevê financiamento de até 100 mil reais para a proposta vencedora. Realizado na Ufam, o Cosmos reúne 20 integrantes entre estudantes e docentes que trabalham organizando atividades nas quais possam introduzir a Astronomia na vida de estudantes da educação básica de Manaus, do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, tanto de escolas públicas quanto particulares. Para a idealizadora do projeto, a estudante Carlla Martins, a seleção do edital nacional representa o reconhecimento ao compromisso da equipe em aproximar a ciência dos astros do público infanto-juvenil.

“A gente vê o quanto as crianças que participam do preparatório melhoram o desempenho escolar e principalmente como o interesse pela ciência desperta. No começo, não fazem ideia do que é, depois gostam tanto que fazem pesquisas sozinhos e chegam cheios de informações sobre o assunto. Isso é muito legal”, revela Carlla. “Foi muito significativo saber que fomos selecionados entre as 50 melhores propostas submetidas ao edital. É um reconhecimento e incentivo ao nosso trabalho”, expôs.

Após o resultado da primeira etapa, os selecionados tiveram a oportunidade de aprender mais sobre iniciativas que podem fazer a diferença quanto à popularização da ciência. Os participantes foram para o Rio de Janeiro apresentar as ações que desenvolvem e também receber treinamento e orientações sobre como aperfeiçoá-las.

A segunda etapa da seleção está prevista para o mês de outubro, com resultado final para dezembro de 2018.

Sobre o Cosmos

A iniciativa de levar o conhecimento da Astronomia para crianças e adolescentes teve início em 2015, de maneira voluntária e informal. Com o tempo, a ideia foi se fortalecendo e com a estruturação e organização como projeto de extensão, a proposta foi aprovada, obtendo o apoio da Universidade.

 A equipe do Cosmos ministra aulas preparatórias para a Olimpíada de Astronomia a estudantes interessados em participar da competição científica. São em média 60 crianças por turno (matutino e vespertino), as quais descobrem que a Astronomia tem relação com várias outras ciências. “A Astronomia é a porta de entrada para o mundo da ciência e eles são naturalmente interessados em aprender sobre ela e, assim, aprendem também sobre matemática, física, história, geografia, por exemplo,” explica Carlla.

As atividades são também itinerantes, com palestras, oficinas e eventos realizados em escolas, abrigos para crianças e instituições semelhantes. Independente da premiação do edital Serrapilheira, a equipe do projeto Cosmos pretende buscar o crescimento das ações e atender mais criança e jovens, estimulando-os a amar a ciência a partir do conhecimento dos astros.