PPGAS convida comunidade acadêmica para Aula Inaugural 2019

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas (PPGAS/Ufam) convida comunidade acadêmica para aula inaugural/2019 que ocorrerá na próxima quinta-feira, 21, às 9h, no auditório Paulo Burhein, Setor Sul do Campus Universitário.

O evento contará com a presença do professor João Pacheco de Oliveira que proferirá a palestra “Situações de Fronteira e Formas de Lidar com a Alteridade”. O palestrante é do Museu Nacional (MN) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).  

Sobre o pesquisador

João Pacheco de Oliveira éantropólogo e professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Fez pesquisa de campo prolongada com os índios Tikuna, do Alto Solimões, Amazônia, da qual resultou sua dissertação de mestrado (UNB, 1977) e sua tese de doutoramento (PPGAS, 1986), publicada em 1988. Realizou também pesquisas sobre políticas públicas, coordenando um amplo projeto de monitoramento das terras indígenas no Brasil (1986-1994), com apoio da Fundação Ford, projeto que resultou em muitos trabalhos analíticos, coletâneas e atlas.

Orientou mais de 60 teses e dissertações no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS), voltadas, sobretudo, para povos indígenas da Amazônia e do Nordeste, em programa comparativo de pesquisas em etnicidade e território apoiado pelo CNPq e FINEP. Atuou como professor-visitante em alguns centros de pós-graduação e pesquisa no Brasil (UNICAMP, UFPE, UFBA e Fundação Joaquim Nabuco e UFAM) e no exterior (Universidad Nacional de La Plata/Argentina, Università di Roma La Sapienza, École des Hautes Études en Sciences Sociales/Paris, Universidad Nacional de San Martin/UNSAM/Buenos Aires e Institute des Hautes Études de l`Amérique Latine/IHEAL/Sorbonne Nouvelle/Paris 3).

É pesquisador 1A do Conselho Nacional de Pesquisas/CNPq e bolsista FAPERJ do Programa Cientista do Nosso Estado. Foi presidente da Associação Brasileira de Antropologia/ABA (1994/1996) e por diversas vezes coordenador da Comissão de Assuntos Indígenas. Nos últimos anos vem se dedicando ao estudo de questões ligadas a antropologia do colonialismo e a antropologia histórica, desenvolvendo trabalhos relacionados ao processo de formação nacional, a historiografia, bem como a museus e coleções etnográficas. É curador das coleções etnológicas do Museu Nacional e organizou recentemente a exposição Os Primeiros Brasileiros, relativa aos indígenas do nordeste, exibida em Recife, Fortaleza e Rio de Janeiro, atualmente estando no Museo de Bellas Artes Evita, em Córdoba (Argentina). Junto com lideranças indígenas foi um dos fundadores do Maguta: Centro de Documentação e Pesquisa do Alto Solimões, sediado em Benjamin Constant (AM), que deu origem ao Museu Maguta, administrado hoje diretamente pelo movimento indígena.

 

Neppd realiza primeira edição do ano do Ciclo de Palestras dia 29

 

O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Psicopedagogia Diferencial (NEPPD), da Faculdade de Educação (Faced), promove a primeira edição de 2019 do Ciclo de Palestras e Debates sobre Inclusão no Contexto Amazônico, ação do Programa de Apoio Educacional Especializado (Paee) em parceria com a Linha de Pesquisa 4 ‘Educação Especial e Inclusão no Contexto Amazônico’ do Programa de Pós-Graduação em Educação da Ufam.

Com a temática ‘Linha de Pesquisa 04 Educação Especial e Inclusão no Contexto Amazônico: dialogando com as preocupações atuais da área’, a primeira palestra do ano será proferida pelos professores da Linha. Visando a abertura da seleção de Mestrado em Educação, os professores se propõem, neste evento, a apresentar a ementa da Linha, os conceitos e discutir as problemáticas que permeiam a Educação Especial.

O evento acontece dia 29 de março dois horários: de 09 as 12h ou das 14h as 17h, no Auditório Rio Alalaú da Faculdade de Educação, setor Norte do campus.

A palestra é indicada para acadêmicos, professores da Educação Básica ou quem tem interesse pela temática. As inscrições são gratuitas e serão realizadas no local do evento (1h antes do início da palestra), com certificação de 4 horas.
Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou facebook.com/eventosneppd

VIP recebe alunos do Martha Falcão na quarta-feira (20)

Alunos do colégio Martha Falcão visitam a Ufam nessa quarta-feira (20) e serão recepcionados pela coordenação do Programa de Visitas para os Públicos Interno e Externo da Ufam (VIP). O objetivo da atividade é desenvolver o intelecto e o conhecimento dos alunos por cursos e faculdades que possivelmente estarão inseridos em seu cotidiano acadêmico.

Durante a visita, 40 alunos do ensino médio terão a oportunidade de verificar o funcionamento pleno da Universidade que incluirá visitas a laboratórios e projetos de extensão e pesquisa.

Sobre o VIP

O Programa de Visita (VIP) vem, desde 2008, recebendo diversos grupos de visitantes interno e externo, da rede privada, estadual e federal de ensino, além de alunos indígenas e estrangeiros que desejam conhecer a Instituição.

O VIP é um programa que objetiva estreitar a relação entre a Universidade e a sociedade, tendo à frente a professora Célia Carvalho, da Faculdade de Informação e Comunicação. As visitas poderão ser agendadas via e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Mestranda Maria Angélica Moya defende dissertação junto ao PPGE no próximo dia 20 de março

Pesquisa é pioneira por usar os princípios da ciência aberta na UFAM

Maria Angélica Dias Moya (segunda, à esquerda) em evento internacional na Universidade do Minho, validando categorias de análise. O evento lhe rendeu a publicação de um capítulo em livro internacional. Maria Angélica Dias Moya (segunda, à esquerda) em evento internacional na Universidade do Minho, validando categorias de análise. O evento lhe rendeu a publicação de um capítulo em livro internacional.

 
Por  Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

No próximo dia 20 de março, a mestranda Maria Angélica Dias Moya defende dissertação pioneira junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas (PPGE/Ufam).

Orientada pela professora Fabiane Garcia Maia, a mestranda utilizou os princípios da ciência aberta para elaborar a dissertação “Traços e desenhos da formação profissional: a escolha como processo sob o olhar da política pública no contexto amazônico”.

Segundo a orientadora, a utilização dos princípios da ciência aberta é o grande diferencial do trabalho da Maria Angélica. “Em seu trabalho de pesquisa, Maria Angélica nos fez inaugurar  institucionalmente o uso do repositório de dados na UFAM. O PPGE foi o Primeiro Programa de Pós-graduação registrado pela CAPES, em toda Região Norte e agora também é pioneiro no desafio de assumir os princípios da ciência aberta, como a acessibilidade, a gratuidade e a transparência dos dados que visam fortalecer a socialização de conhecimento produzido em nossas pesquisas”, afirma a orientadora.

O diretor em exercício da Divisão de Documentação da Biblioteca Central da Ufam, Bibliotecário-Documentalista Leonardo Gomes Remigio, ressalta a relevância do repositório institucional da Ufam. "A Biblioteca Digital de Teses e Dissertações é mister no que tange à divulgação da produção acadêmico-científica dos programas de pós-graduação da Universidade, no sentido de cooperar para a democratização do acesso ao conhecimento científico, dar visibilidade aos estudos e pesquisadores, além de contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, artístico e social da Amazônia", afirmou o gestor.

A defesa será realizada no dia 20 de março, a partir das 14 horas, na Sala da Linha 2  do PPGE.

Banca de avaliação

A banca de avaliação será composta pelas professoras Martha Vergara Fregoso, da Universidad de Guadalajara, a qual participará por videoconferência; Arminda Rachel Botelho Mourão, da Universidade Federal do Amazonas - UFAM; Osmarina Guimarães de Lima, da Universidade do Estado do Amazonas - UEA e Vilma Aparecida de Pinho, da Universidade Federal do Pará – UFPA – Suplente.

 

Programa de Pós-Graduação em História realiza Aula Magna com o professor José Ribamar Bessa

Por Juscelino Simões
Equipe Ascom

 

O Programa de Pós-graduação em História (PPGH) da Universidade Federal do Amazonas convida docentes, discentes e a comunidade em geral para a Aula Magna do Programa, intitulada 'História indígena da Amazônia: fontes, problemas e perspectivas' que será proferida pelo professor José Ribamar Bessa Freire, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Unirio) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O evento será no dia 27 de março, quarta-feira, às 18h30, no auditório Rio Solimões, no Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS/Ufam), no setor Norte do Campus.

Professor Renan Freitas Pinto profere palestra sobre a formação do pensamento social da Amazônia


 
Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

No próximo dia 20 de março, a partir das 14h30, o professor Renan Freitas Pinto profere palestra intitulada “Oralidade, memória e história na formação do pensamento social da Amazônia”.

A atividade é promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA) e será realizada no auditório Rio Solimões do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do Amazonas (IFCHS/Ufam).