Curso de Pedagogia do INC conquista nota 4 junto ao MEC

Reitor, professor Sylvio Puga, ressalta trabalho coletivo para resultado de excelência.

Registro da visita de Avaliação e Reconhecimento de curso junto ao MEC/INEPRegistro da visita de Avaliação e Reconhecimento de curso junto ao MEC/INEP
Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

O curso de Pedagogia do Instituto Natureza e Cultura, unidade acadêmica da Universidade Federal do Amazonas em Benjamin Constant (INC/Ufam), obteve nota 04 no Enade e na Avaliação de Reconhecimento de curso junto ao Ministério da Educação/ Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira MEC/INEP.

Somatório de forças

O reitor, professor Sylvio Puga, que acompanhou a visita de avaliação do Ministério da Educação, destaca o trabalho coletivo para a obtenção da nota. “Acompanhei essa visita do MEC por entender que era importante, vez que o curso estava sob diligência e assim farei com todos os cursos que estiverem nessa situação, caso minha agenda institucional permita. O curso estava sob diligência do MEC, com nota 2. A reversão desse quadro foi fruto de um esforço coletivo que envolveu a coordenação do curso, a Procuradoria Institucional, a Comissão Própria de Avaliação (CPA) e a Pró-reitoria de Graduação (PROEG), através do DAE. Esse somatório de esforços propiciou alinhamento para responder todos os quesitos solicitados pelo MEC durante a avaliação e o resultado que pretendíamos foi alcançado”, declarou o reitor.

Acúmulo de conhecimentos

Reitor, professor Sylvio Puga, acompanhou a visita de avaliação do MEC no INC. "Entendi que era importante acompanhar e assim farei toda vez que minha agenda institucional permitir"Reitor, professor Sylvio Puga, acompanhou a visita de avaliação do MEC no INC. "Entendi que era importante acompanhar e assim farei toda vez que minha agenda institucional permitir"Segundo o coordenador do curso de Pedagogia do INC, professor Josenildo Santos de Souza, o trabalho em equipe, além de conquistar uma excelente nota, resultou em conhecimento acerca do processo de avaliação utilizado pelo MEC, o que pode ajudar outros cursos do INC. “Recebemos a notícia do sucesso do curso de Pedagogia no processo avaliativo do MEC e também a nota positiva da avaliação dos alunos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), no qual a nota também foi 4. Isso foi possível devido à colaboração de professores, alunos e técnicos. A partir de agora é continuar trabalhando junto à reitoria da Universidade e às pró-reitorias para conseguirmos sanar algumas questões ainda pendentes para, cada vez mais, melhorar a avaliação do curso, seja no Enade, seja junto ao MEC. Positivamente, também, essa avaliação nos ajuda a compreender o processo de avaliação do MEC, a metodologia que os avaliadores adotam e isso  nos permite  acumular conhecimentos para, inclusive, ajudar outros cursos do INC e demais cursos da Universidade a melhorar a sua avaliação e ter resultados positivos como o que nós alcançamos”, declarou o coordenador curso.  

Elogio ao DAE

O pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes, comemorou o resultado e elogiou o trabalho do Departamento de Apoio ao Ensino (DAE), sob sua administração. “Recebi o resultado com muita felicidade, considerando que o curso de Pedagogia vinha de um conceito considerado insuficiente respondendo, inclusive, a termos de ajuste mas, com esforço, principalmente de alunos, técnico-administrativos, docentes e gestores, conseguimos demonstrar que somos capazes de alcançar indicadores de qualidade. Quero parabenizar o Departamento de Apoio ao Ensino (DAE), principalmente nas pessoas da Raimunda Saboia, da Rosana Canto e da Fernanda, que realizaram um excelente trabalho, tendo se deslocado para Benjamin Constant a fim de preparar a equipe para receber o MEC, além de terem atualizado e revisado o Projeto Pedagógico do Curso para que pudéssemos submeter à Câmara de Ensino e Graduação em tempo hábil. O DAE tem muito mérito nessa conquista”, declarou o gestor.

Apoio pedagógico

Equipe da Procuradoria Institucional aponta o preenchimento correto do Formulário Eletrônico (FE) como facilitador a obtenção de indicadores mais altos na avaliação do MECEquipe da Procuradoria Institucional aponta o preenchimento correto do Formulário Eletrônico (FE) como facilitador a obtenção de indicadores mais altos na avaliação do MECA diretora do Departamento de Apoio ao Ensino (DAE), Raimunda Saboia, ressalta todo o apoio pedagógico conferido ao curso de Pedagogia do INC para a obtenção da nota. “O curso de Pedagogia do INC estava com um protocolo de compromisso para ajustes. Demos todo o suporte pedagógico possível, com orientações acerca do instrumento de avaliação, da importância do PPC e da organização do curso; encaminhamos, inclusive, nossa pedagoga para essa assessoria pedagógica mais concentrada; realizamos videoconferência para que não houvesse falhas e que bom que conseguimos cumprir a missão”, ressaltou a gestora.

Formulário eletrônico

O Procurador Institucional Osmarino Souza destaca o quanto o preenchimento correto do Formulário Eletrônico (FE) facilita a obtenção de indicadores mais altos na avaliação do MEC. “Aqui na Procuradoria Institucional (PI), além de orientarmos os coordenadores dos cursos em avaliação, em conjunto com a Proeg, no preenchimento do Formulário Eletrônico, participamos das visitas às coordenações dos cursos, tirando eventuais dúvidas existentes, o que contribui, efetivamente, para resultados bem-sucedidos”.

CPA – participação estratégica

Responsável pelo desenvolvimento de atividades inerentes às políticas de Avaliação Institucional, por meio da aplicação dos Instrumentos de Avaliação junto aos discentes, técnico-administrativos em educação e docentes, a Comissão Própria de Avaliação (CPA), presidida pelo professor Thomaz Abdalla, também participou do esforço coletivo. “Durante a visita do MEC, nós, da Comissão Própria de Avaliação e da Comissão Setorial de Avaliação (CSA), apresentamos os instrumentos avaliativos de 2017, 2016, 2015 e 2014; apontamos os pontos fortes do Instituto de Natureza e Cultura (INC) e demonstramos como estamos trabalhando os pontos fracos. Estamos felizes com o resultado da avaliação. É uma conquista para a Ufam”.