Administração Superior dá as boas-vindas aos novos universitários

A programação de acolhida aos calouros abrange todos os turnos de estudos na Universidade.

Por Márcia Grana
Equipe Ascom

Teve início na manhã desta sexta-feira, 09, a Programação de Acolhida aos Calouros. A solenidade comemorativa da aprovação dos novos alunos nos processos seletivos (PSC e Sisu) foi organizada pelo Departamento de Assistência Estudantil da pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Daest/Progesp) e pela Pró-reitoria de Ensino de Graduação (Proeg).

Durante seu pronunciamento, o reitor, professor Sylvio Puga, ressaltou que os alunos são a razão máxima da Universidade. “Alunos, é aqui na graduação que tudo se inicia. Nesse espaço vocês devem ir além da sala de aula, através da Extensão e dos Programas de Iniciação Científica. Usufruam da Ufam de forma integral. Ontem eu presidi uma colação de grau, que é um momento de despedida. Hoje estou nessa programação que marca a recepção de novos alunos. São muitas emoções. Tenham certeza de que vocês passarão os melhores dias da juventude de vocês aqui conosco. Parabéns, tanto a vocês que conseguiram uma vaga na nossa Universidade, quanto a todos os que se empenharam para promover essa acolhida a vocês”, discursou o reitor.

Melhor Universidade do mundo

O pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes Neto, apresentou sua equipe de trabalho e orientou os alunos a serem dedicados com as atividades acadêmicas. “Quero dizer que vocês chegaram à melhor Universidade do mundo. Gravem esse nome: PROEG, que é a Pró-reitoria de Ensino de Graduação. Cuidaremos de vocês da chegada à Universidade, com a matrícula institucional, até a saída, na colação de grau. Aqui estão o nosso pró-reitor adjunto, Simão Botelho, e todos os nossos diretores. Desejamos que vocês participem de todas as atividades acadêmicas possíveis, pois queremos ter os melhores alunos em todas as áreas”, declarou o pró-reitor.

A pró-reitora de Gestão de Pessoas, TAE Maria Vanusa Firmo destacou algumas atividades coordenadas pela Pró-reitoria. “Esta Casa os abrigará por alguns anos e queremos sempre contar com a parceria dos nossos estudantes, pois sob a coordenação da nossa pró-reitoria fica a Assistência estudantil, o Restaurante Universitário, as ações de apoio psicossocial, a programação dos Jogos Universitários, a Semana do Estudante, o Festival Folclórico, entre outras atividades. A Progesp fica no térreo do prédio da Reitoria. Qualquer dúvida, podem nos procurar. Teremos sempre prazer em atender as demandas de vocês”, ressaltou a pró-reitora.

Sessão Bate-papo

Logo após, foi realizado um bate-papo com demais autoridades universitárias. O pró-reitor de Inovação Tecnológica, Waltair Machado, destacou que deseja que entre os calouros estejam muitos futuros empreendedores. “Quero dar as boas-vindas a vocês, que vão aproveitar para colocar todo o conhecimento adquirido aqui na Ufam para empreender e gerar empregos, movimentar a Economia, pois não podemos pensar em apenas ser executores, mas a empreender, mudar a sociedade através de soluções mais abrangentes. Muitos vem para cá e não aproveitam as oportunidades que são colocadas, mas alguns vão enxergá-las e colocar a ideia adiante”, declarou.

A Assessora de Relações Internacionais, professora Leda Brasil, destacou os programas de mobilidade acadêmica nacionais e internacionais. “Durante a permanência de vocês aqui na Ufam aproveitem os programas de mobilidade acadêmica. Através deles vocês podem se deslocar para universidades de dentro e de fora do país e, experimentando outras expertises, conviverão com nichos de conhecimentos mais aperfeiçoados e poderão curricularizar essas vivências. São momentos muito ricos. Recomendo”, afirmou a gestora.

Ufam na região amazônica

O pró-reitor de Extensão, professor João Ricardo Bessa freire, ressaltou o papel da universidade na região amazônica. “Estamos em uma região riquíssima em recursos naturais que não são utilizados para melhorar a vida das pessoas.Nossa Universidade tem a responsabilidade de produzir pesquisas voltadas para as soluções dos nossos problemas, que mudem a nossa realidade. A despeito de todas as dificuldades orçamentárias vividas no país, estamos instalando um campus no município de São Gabriel da Cachoeira e ampliando o número de projetos de Extensão Universitária”, afirmou o gestor.

Ainda foram apresentados o Departamento de Assistência Estudantil; o Departamento de Saúde e Qualidade de vida, que realiza atendimentos eletivos nas áreas de clínica Geral, ginecologia, odontologia e de imunização; o CREA – Junior, um movimento que fomenta a aproximação dos futuros profissionais de engenharia com o mercado de trabalho e o Sistema de Bibliotecas da Ufam, que conta com um estande no evento para melhor orientar os alunos ingressantes.

Palestra sobre autorresponsabilidade estudantil

Após o bate-papo com os gestores, os alunos assistiram à palestra “Autorresponsabilidade do estudante de Universidade”, proferida pela professora e coacher Eliana Cássia de Souza Pinheiro. Durante seu pronunciamento ela destacou ter sido formada em Enfermagem pela Universidade Federal do Amazonas e a convivência com o pró-reitor de Inovação Tecnológica durante seu mestrado em Engenharia de Produção. “Eu ouvi durante o pronunciamento do professor Waltair Machado que ele quer ver vocês, que hoje são alunos ingressantes como empreendedores. Eu posso afirmar que segui esse caminho do empreendedorismo e hoje estou aqui para compartilhar um pouco do que aprendi com vocês. Desejo, sinceramente que o que eu passar aqui seja transformado em sabedoria e que apliquem na vida de vocês. Uma mensagem que quero deixar a todos vocês é que todos, sem exceção, nascemos para sermos prósperos em todas as áreas da nossa vida e a autorresponsabilidade é a crença de que você é o único responsável pela vida que tem levado. Logo, cada um de vocês que conseguiu ingressar na Universidade teve mérito para tal. Não foi o cursinho, nem a escola. Cada um tem a vida que merece e quando se entende isso, é libertador. Então, guardem com vocês: autorresponsabilidade é a capacidade de se responsabilizar pelos próprios resultados. Logo, não sejam murmuradores ou fiquem adotando a postura de vítimas do outro ou do mundo. Nascemos para fazer boas obras”.

Acolhida elogiada

Moisés de Castro tem 17 anos e é ingressante do curso de Ciências naturais pelo Processo Seletivo Contínuo (PSC). Ele elogia a iniciativa da Administração Superior da Ufam receber seus novos alunos com uma programação tão diversificada. “Achei legal o reitor e seus diretores nos receberem, apresentarem a Universidade para nós. Já haviam me falado que a Ufam era tudo de bom, mas agora, como aluno, pude constatar isso por experiência própria”, declarou o calouro.