Em versão experimental, Ufam lança aplicativo para docentes nas versões iOS e Android

 
Com a ferramenta, é possível lançar frequência e notas, criar o diário de classe e acompanhar o desempenho da turma, agilizando os processos
 
Por Sandra Siqueira
Equipe Ascom Ufam

O reitor da Ufam apresentou o novo aplicativo criado para dar maior comodidade e agilidade ao trabalho docente na instituição. O lançamento ocorreu no último dia 14, durante a reunião da Câmara de Ensino de Graduação, na sala dos Conselhos Superiores.

O aplicativo, chamado de eCampus Professor, é a nova plataforma de registro de dados das turmas dos cursos de graduação da Ufam e foi desenvolvido pelo Pró-reitoria de Ensino de Graduação (Proeg) e pelo Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) como uma das ações que visam a disponibilizar online serviços da Universidade para a comunidade acadêmica.

O reitor, professor Sylvio Puga, esteve presente à reunião da Câmara de Ensino de Graduação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEG/Consepe) para apresentar o novo serviço aos membros da câmara. “Vim lançar o aplicativo dos docentes aqui na CEG porque são vocês que estão lá na ponta, com os nossos colegas, tratando exatamente das questões acadêmicas”, expôs o gestor. “Esta é mais uma possibilidade para avançarmos cada vez mais no âmbito dos nossos sistemas acadêmicos”, considerou.

O primeiro aplicativo desenvolvido para atender as necessidades dos estudantes, o eCampus Mob Ufam, foi lançado em outubro de 2017. Com a boa recepção deste pelo público, o CTIC passou a trabalhar na versão para professores. Com a ferramenta será possível fazer tarefas como frequência, lançamento de notas, criação do diário de classe e acompanhar o desempenho da turma. Tudo fácil e rápido tanto para professores quanto para a classe, que poderá verificar no app do estudante informações de seu interesse.Reitor Sylvio Puga apresentou ferramenta aos docentes em reunião da Câmara de Ensino de Graduação (CEG)Reitor Sylvio Puga apresentou ferramenta aos docentes em reunião da Câmara de Ensino de Graduação (CEG)

De acordo com o diretor do CTIC, Jorge Carlos Magno, o aplicativo já está disponível para download tanto no Google Play quanto na Apple Store. “Como é o primeiro aplicativo para docentes, selecionamos algumas das principais funcionalidades da versão web e disponibilizamos na aplicação. A ideia é que, com o passar do tempo, sejam agregadas novas funções dentro dele e o incremento das atuais”, explicou.

O eCampus Professor já estará integrado ao Módulo Professor da Plataforma eCampus, o que permitirá a atualização de ambos a partir de um ou de outro, bem como a integração com o Módulo Aluno, para que este tenha acesso imediato às alterações feitas pelos docentes.

“A nossa ideia é fazer uma integração mais forte entre as funcionalidades do professor e do aluno para que vá além do que é hoje. O caminho que queremos seguir é de uma plataforma onde seja possível lançar conteúdo, ser espaço para discussão e que seja incrementada com as demandas. Estamos indo nesta direção”, comentou o diretor.

Segundo dados do CTIC, o aplicativo dos estudantes já teve mais de cinco mil downloads só no Google Play, sendo bem avaliado pelos usuários. Na Apple Store, aproximadamente sete mil downloads foram feitos desde o lançamento.