Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Saúde mental – Ufam realiza Roda de Conversa sobre ‘Primeiros Socorros Psicológicos’ no dia 22

Publicado: Quinta, 17 de Outubro de 2019, 13h00 | Última atualização em Quinta, 17 de Outubro de 2019, 16h47 | Acessos: 538

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) realiza, por meio do Departamento de Assistência Estudantil (Daest) e da Coordenação do curso de História, roda de conversa sobre ‘Primeiros Socorros Psicológicos na Universidade’. O evento será na próxima terça-feira, 22, das 14h às 15h30, na sala de reuniões da Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS).

O público de interesse são coordenadores, professores, membros do Centro Acadêmico e representantes das turmas do curso de História. A iniciativa faz parte do projeto ‘Coordenações Alertas: Conversando sobre saúde mental na Universidade’ e é mediada pelo Serviço de Psicóloga da Ufam.

Como funciona?

O ‘Coordenações Alertas: Conversando sobre saúde mental na Universidade’ é uma ação preventiva realizada pelo Daest, em conjunto com as coordenações dos cursos de graduação da Ufam, durante seis meses. O objetivo é proporcionar espaço de promoção à saúde mental dos estudantes universitários, por meio de Rodas de conversas com as Coordenações de curso de graduação.

A ideia é construir uma rede de apoio, desenvolvimento individual e comunitário para permanência estudantil. A primeira coordenação atendida foi a Graduação em História. De acordo com a psicóloga, servidora Josiane Medeiros, a proposta é que o projeto, em 2020, seja ampliado para mais coordenações. “A expectativa é que possamos ampliar o acompanhamento para mais coordenações de cursos. Inicialmente, o Daest entra em contato com a coordenação e a partir das demandas já existentes, esperamos ampliar os serviços e cuidados com a saúde mental da nossa comunidade acadêmica”, enfatizou.      

Metodologia

A metodologia adotada para a condução das rodas de conversas proporciona um espaço coletivo de falas, com possibilidades de diálogo, circulação dos afetos, fortalecimento dos vínculos e acolhida, facilitando a rede de cuidado e apoio entre os participantes.  As conversas abordam temas escolhidos, previamente, relacionados à saúde mental no contexto universitário.

O encontro tem três momentos. O primeiro é a acolhida, que trata de favorecer um ambiente acolhedor, acomodando as pessoas em roda para que possam se olhar e escutar. Nesse momento, é importante utilizar recursos audiovisuais como músicas, desenhos, expressões corporais. O momento seguinte refere-se ao desenvolvimento propriamente dito, onde acontece o aprofundamento das discussões acerca do tema. E por último, o encerramento, sempre leva em consideração as percepções dos participantes em relação ao que foi trabalhado e discutido na Roda.

Histórico

O projeto teve início em maio de 2019 e foram realizadas três rodas de conversas. A primeira teve como tema ‘Saúde mental na Universidade: o que temos para falar?’. Nas duas oportunidades seguintes foram tratados o tema: ‘Suicídio precisamos falar sobre ele na Universidade’.   

registrado em:
Fim do conteúdo da página