Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Neai promove seminário sobre Muiraquitãs Amazônicos, nesta sexta-feira, 13

Publicado: Terça, 10 de Setembro de 2019, 14h28 | Última atualização em Terça, 10 de Setembro de 2019, 14h41 | Acessos: 161

O seminário intitulado “Contextualização espacial histórica e tecnológica dos muiraquitãs amazônicos” é uma atividade acadêmica promovido pelo Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas (Neai/PPGAS/Ufam). O evento acontece na próxima sexta-feira, 13, na Sala de aula do PPGAS, localizado no Setor Sul do Campus Universitário.

O seminário será proferido pelo arqueólogo do Departamento de Arqueologia do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM), Márcio Amaral, com inúmeras experiências na sua área de atuação, abrangendo projetos de pesquisa acadêmica e de contrato, atuando também em logística, coordenação, escavações, laboratório, campo escola, curadoria, conservação, educação patrimonial e palestras.  

NEAI

O Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (Neai) é um grupo de pesquisa vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) e ao Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O Neai congrega pesquisadores, professores e estudantes de diferentes áreas do conhecimento, que se dedicam ao estudo e pesquisas sobre temas e problemas relacionados aos povos e comunidades tradicionais. Os resultados de suas atividades objetivam contribuir para o fortalecimento da pesquisa em Etnologia na Ufam e subsidiar atividades de ensino, extensão e intervenção.

O NEAI desenvolve suas ações através de pesquisas coletivas e individuais, projetos de extensão, encontros, palestras, seminários, seções de estudo e cursos de curta duração. De modo especial, o Núcleo conta com a participação de estudantes indígenas interessados na reflexividade sobre seus modos de vida e de suas cosmopolíticas, contribuindo para a sistematização desses conhecimentos e a elaboração de teorias nativas expressas na publicação de textos monográficos e artigos científicos.     

registrado em:
Fim do conteúdo da página