Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Equipamento desenvolvido por egresso da Ufam é destaque no jornal Folha de São Paulo

Publicado: Quarta, 15 de Abril de 2020, 16h56 | Última atualização em Segunda, 20 de Abril de 2020, 16h08 | Acessos: 1240

Por Juscelino Simões
Equipe Ascom Ufam


O jornal Folha de São Paulo destacou, em sua edição desta terça-feira, 14, o uso do equipamento protetor para pacientes infectados pelo novo coronavírus desenvolvido pelo egresso do curso de Administração da Ufam, em Parintins, Fram Canto. O equipamento é um protótipo da Cápsula de Hood, utilizado em bebês prematuros, adaptado a pacientes que com a covid-19.

O administrador Jucifram Canto Gomes passou a ser procurado pela imprensa nacional e regional para explicar o processo de melhoria e produção do protótipo da Cápsula de Hood, adaptável para o uso em pacientes infectados pela pandemia da covid-19, no Hospital Regional Doutor Jofre Matos Cohen, em Parintins. Nesta terça-feira, a Folha de São Paulo, de circulação nacional, ouviu especialistas sobre a eficácia do equipamento na proteção tanto das equipes médicas, quanto para pacientes, e destacou que é uma importante ferramenta, que ainda precisa ser validada sua eficácia na luta pela vida.
O protótipo da Cápsula de Hood não é a solução para curar o doente, mas uma ferramenta útil de proteção, principalmente, para a equipe médica, e tem contribuído para melhorar a oxigenação dos pacientes com problemas respiratórios, causado pela doença, como também uma forma de contenção da propagação do vírus nos ambientes hospitalares. A matéria do Jornal compara o equipamento do ex-aluno da Ufam (também com a participação de médicos no desenvolvimento do equipamento) com outros que estão sendo usados em alguns países e destacou características melhores no desenvolvido no interior do Amazonas. Também ressaltou a “disposição e a engenhosidade” de pessoas como Fram Canto, que tem sido de grande ajuda.
“Tenho recebido algumas solicitações de entrevistas de diversos veículos da imprensa regional e nacional nos últimos dias para falar sobre o equipamento. Tivemos a ideia de reelaborar a Cápsula de Hood a partir da necessidade apresentada pelos médicos do Hospital. É uma ação extra que envolve a biossegurança e a proteção dos profissionais que estão em contato direto com os pacientes. Tenho a satisfação de está colaborando com esse quadro de saúde em qual passamos”, afirmou Fram Canto.

registrado em:
Fim do conteúdo da página