Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Destaque > Ufam promove campanha de prevenção de acidentes ocasionados por animais peçonhentos
Início do conteúdo da página

Ufam promove campanha de prevenção de acidentes ocasionados por animais peçonhentos

Publicado: Sexta, 08 de Julho de 2022, 14h11 | Última atualização em Segunda, 22 de Janeiro de 2024, 10h02 | Acessos: 2150

Cartazes adesivados por todo campus orientam como a comunidade universitária pode evitar os acidentes e quais providências devem ser adotadas em caso de contato com animais peçonhentos

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

 

O campus-sede da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), em Manaus, está instalado em um dos três maiores fragmentos florestais urbanos do mundo e o maior do País. Isso significa que, ao mesmo tempo, em que a comunidade universitária tem o privilégio de desfrutar da paisagem amazônica em ambiente urbano, fica inevitável a convivência com animais, entre eles, os peçonhentos.

Para orientar professores, técnicos, estudantes, colaboradores terceirizados e membros da comunidade externa quanto à melhor forma de prevenir acidentes com animais peçonhentos, a Ufam, por iniciativa da Assessoria de Comunicação da Universidade (Ascom) e com a colaboração de docentes e pesquisadores do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), elaborou campanha para que essa convivência seja marcada pelo menor número de contratempos possível.


Prevenção de acidentes


A assessora de comunicação da Universidade, jornalista Ana Carla dos Santos Souza, destaca que com o retorno às atividades presenciais após quase dois anos de restrição do convívio social,  fez com que as ocorrências envolvendo animais silvestres tenham aumentado. "A informação correta é um importante aliado quando se trata da segurança das pessoas da nossa comunidade. É importante primeiro que se tenha consciência que nos encontramos numa APA e que ver um animal silvestre será algo muito comum, especialmente agora, quando se veem mais livres até para ocupar áreas construídas. Então, quando se tem a segurança da informação, a pessoa saberá qual a conduta preventiva a adotar e a quem recorrer em caso de incidente", explicou.

Segundo a especialista em animais peçonhentos e colaboradora da campanha, professora aposentada Maria Ermelinda Oliveira, os acidentes com animais peçonhentos na Ufam são eventuais. “Embora seja comum o relato de pessoas que encontram esses animais, os acidentes na Ufam são eventuais, e podem ocorrer quando pessoas curiosas ou incautas ficam muito próximas, ou tentam mexer com esses animais. Não existem registros publicados sobre o número de acidentes causados por animais peçonhentos na Ufam, mas eles podem, eventualmente, acontecer quando as pessoas andam por trilhas de mata sem atenção, com roupas e calçados inapropriados, ou quando os animais entram em ambientes edificados como salas de aula, elevadores e depósitos. Esses encontros entre humanos e animais peçonhentos ocorrem há muito tempo, afinal, os animais vivem aqui, enquanto nós, de uma forma ou de outra, estamos de passagem”, afirmou a herpetóloga do ICB.

Colaboração dos especialistas


Ela também recomendou que, ao avistarem animais peçonhentos em ambientes com potencial risco de acidentes, o procedimento é acionar os  agentes de segurança da Universidade e os especialistas da Ufam para o manejo adequado dos animais. “Nesses casos, os especialistas a serem acionados são os professores Marcelo Gordo (92 99152 9130), Ronis da Silveira (92 99126 7283) e Juliana Araújo (92 98803 3937)”, orientou.


Mensagens


As peças da campanha foram produzidas pelas designers da Assessoria de Comunicação da Ufam, Luana Bittencourt Moura e Bruna Andrade. Luana Bittencourt Moura, afirma que, neste primeiro momento, serão impressos cerca de 30 adesivos informativos, os quais serão distribuídos pelas unidades acadêmicas. “Produzimos vários tipos de adesivos informativos. Alguns com mensagens gerais como observar onde se pisa, evitar distrações com o celular e não matar os animais com potencial risco de acidentes e outros com mensagens mais específicas, com recomendações do que fazer e o que não fazer em caso de acidentes com animais peçonhentos. Os adesivos serão instalados próximo a refeitórios e áreas de limpeza e de manutenção predial”, destacou a profissional.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página