Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Destaque > Reitor da Ufam integra novo GT da Andifes
Início do conteúdo da página

Reitor da Ufam integra novo GT da Andifes

Publicado: Segunda, 13 de Setembro de 2021, 11h49 | Última atualização em Segunda, 13 de Setembro de 2021, 12h06 | Acessos: 514

Por Sandra Siqueira
Equipe Ascom Ufam

 

Sistematizar e disponibilizar as experiências exitosas das universidades federais para o retorno presencial seguro das atividades acadêmicas e administrativas é o objetivo do grupo de trabalho (GT) criado pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior  (Andifes), em reunião da diretoria ocorrida na última quinta-feira, 9. O reitor Sylvio Puga integra a equipe. O GT terá 180 dias para realizar seus trabalhos. 

De acordo com o documento publicado na sexta-feira, 10, o GT poderá propor diretrizes e projetos que julgar pertinentes com relação à volta às aulas presenciais nas universidades federais brasileiras. “Foi uma decisão da diretoria executiva [a nomeação]”. “Já fui nomeado para o GT Hospitais [antes]. “Espero ampliar o conhecimento sobre a experiência de outras Ifes [instituições federais de ensino superior] das medidas tomadas em relação à covid e seu impacto nas atividades de ensino, pesquisa e extensão”, revela o reitor Sylvio Puga. “Todas as contribuições serão avaliadas. Cada contribuição servirá para desenhar um mosaico de informações para uso de todo o sistema”, informa. 

Além do professor Sylvio Puga, o GT é composto pelos reitores: Denise Pires Carvalho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (coordenadora), Lúcia Campos Pellanda, da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Joana Angélica Guimarães da Luz, da Universidade Federal do Sul da Bahia, e Marcelo Augusto Santos Turine, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Segundo o reitor, o GT deve se reunir nos próximos dias para definir a metodologia de trabalho da equipe. 

O Brasil possui 69 universidades federais, as quais suspenderam suas atividades presenciais em 2020 em razão da pandemia de covid-19.

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página