Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Destaque > Últimas notícias > Ufam encerra participação no I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ufam encerra participação no I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia

  • Publicado: Quarta, 09 de Dezembro de 2020, 15h17
  • Última atualização em Sexta, 11 de Dezembro de 2020, 17h27
  • Acessos: 413

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) encerrou na quinta-feira, 3, sua participação no I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia, promovido pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e sediado no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), localizado no Distrito Industrial. Com o objetivo de expor projetos, produtos e serviços em Biotecnologia e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) em desenvolvimento na região, a Universidade apresentou, em dois estandes, onze projetos de pesquisa com a temática.

Em vídeos cuja produção, captação, filmagem e edição também foram feitos com a TV Ufam, tecnologia, sustentabilidade e mercado foram abordados por pesquisadores oriundos das unidades acadêmicas de Manaus e dos cinco campi onde a Instituição se faz presente. Um dos projetos de pesquisas levados ao público foi o 'Semeando Sustentabilidade', desenvolvido pelo professor Renato Abreu, docente do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente (IEAA), de Humaitá, voltado à produção de sabonetes e velas inseticidas no combate a focos de malária e dengue naquele município.

"Dengue e malária são doenças endêmicas no Amazonas. Por nossas condições muito particulares buscamos utilizar uma matéria-prima própria da floresta para ajudar no controle da doença, gerando baixo impacto ambiental, lucro para as comunidades locais  que são quem extraem os óleos essenciais de açaí, cupuaçu, buriti, citronela e capim limão", explicou o docente.

Em Itacoatiara, mais precisamente na área de desenvolvimento tecnológico, o projeto EC-Trash, coordenado pelo professor Vandermi Silva, do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (Icet) resultou em um sistema de recolhimento de lixo eletrônico com bonificação para os usuários que contribuem com a coleta.

"A proposta, na área de tecnologia de recicláveis, sistema móvel de uma lixeira para eletrônicos que coleta peças, principalmente restos de computadores, lixo eletrônico. Essa lixeira vai identificar os objetos e bonificar as pessoas que depositam de acordo com a frequência de uso, por exemplo, descontos em supermercados ou cartão de fidelidade em alguns serviços digitais", esclarece o pesquisador Vandermi Silva.

De acordo com o reitor, professor Sylvio Puga, a participação da Ufam é estratégica e conecta a academia à indústria. “Este é o momento de apresentarmos as pesquisas produzidas pela Ufam. Tivemos o cuidado de trazer um projeto de cada campus fora da sede, além de cinco pesquisas produzidas em Manaus. Estes são apenas um demonstrativo dentro do universo numérico e qualitativo do que produzimos em termos de conhecimento: são quase duas mil pesquisas científicas e mais de 70 projetos de Inovação Tecnológica. Os estudos colaboram com o desenvolvimento econômico e sustentável amazônico”, ressalta.

No último dia do Encontro, o reitor recebeu o superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Algacir Antonio Polsin. O órgão é o principal pilar da preservação ambiental do Amazonas, conservando 96% da floresta amazônica, além de manutenção de aproximadamente 86 mil empregos diretos. O reitor Sylvio Puga também recepcionou o gestor do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), Fábio Calderaro.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página