Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Destaque > Últimas notícias > Faculdade de Medicina da Ufam completa 55 anos
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Faculdade de Medicina da Ufam completa 55 anos

  • Publicado: Quarta, 09 de Dezembro de 2020, 15h01
  • Última atualização em Quinta, 17 de Dezembro de 2020, 10h33
  • Acessos: 792

Estamos vivenciando um período de pandemia nunca vivido na história desta FM e da Ufam como um todo. Está sendo um momento de perdas, sem dúvida, mas também um período de grande aprendizado. Mesmo com esse cenário adverso, comemoramos ser um curso de excelência em formação de médicos e especialistas que se destacam nas Residências Médicas locais e nacionais”, destacou a diretora da Faculdade de Medicina, doutora Ione Brum

 

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

 

Instalada em sessão solene do Conselho da então Universidade do Amazonas (UA) em 04 de dezembro de 1965, a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (FM/Ufam) completa 55 anos.

Com uma estrutura curricular de graduação que envolve carga horária total de 8.650h; Internato obrigatório de 2 anos com 4.500h nas áreas de Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Saúde da Criança, Saúde da Mulher, além do Internato Rural de 900 horas, o qual contempla as áreas de Medicina Preventiva e Social, a Faculdade de Medicina oferece, ainda,  um Mestrado Acadêmico, um Mestrado Profissional e um Doutorado Interinstitucional, em parceria com a Unesp, de Botucatu,  sendo a FM da Ufam uma referência na Região Norte do país.

Desafios e conquistas

A diretora da Faculdade de Medicina, professora Ione Brum, ressalta as principais desafios e conquistas da FM nos últimos anos. “Mesmo tendo que lidar com as adversidades de um prédio construído em 1967, que passou por algumas reformas e que, contudo, não mais atendem às necessidades atuais de um curso de medicina com as novas diretrizes, somos um curso de excelência em formação de médicos (486 nestes últimos 5 anos) e especialistas que se destacam nas Residências Médicas locais e nacionais. Embora  nosso quadro de professores não tenha se ampliado, conseguimos que mais professores se tornassem mestres e/ou doutores, além de aprovarmos o 1º. Regimento Interno da FM no CONDEP, o qual aguarda aprovação no conselho superior, ressaltou a gestora.

Pandemia de Covid-19

Ela também destacou os aprendizados proporcionados pelo cenário atípico de uma pandemia. “Estamos vivenciando um período de pandemia nunca vivido na história desta FM e da Ufam como um todo. Está sendo um momento de perdas, sem dúvida, mas também de grande aprendizado. No momento mais crítico desta pandemia fomos surpreendidos pelo espírito solidário de professores, técnico-administrativos e discentes que, prontamente, uniram-se para, de alguma forma, atuar na linha de frente ou em atividades de treinamento e comissões que, com certeza, fizeram e ainda estão fazendo toda a diferença. E assim vamos nos fortalecendo mesmo em meio às adversidades, implantando e/ou implementando inovações tecnológicas em todas as nossas atividades, estratégia essa que era muito longe das habilidades de muitos de nós. Hoje, as atividades on-line, hibridas e EAD já fazem parte do nosso calendário acadêmico e a Faculdade de Medicina cumpre o dever de não apenas desenvolver o próprio curso, mas  provocar a necessidade de visão holística para que possamos nos adaptar a esse novo normal. E assim, nosso curso chega aos 55 anos firme, apesar de todos os obstáculos ao longo do caminho, com a esperança de contar com o apoio da administração superior para continuar crescendo para a Ufam e para a sociedade brasileira”, concluiu a diretora da FM.

Mais de 4 mil médicos formados

O reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, cumprimentou a Faculdade de Medicina pela contribuição que a Universidade oferece na área da saúde. “São mais de 4 mil médicos formados pela unidade acadêmica FM, os quais, agora egressos,  atuam no Amazonas, no Brasil e no exterior, honrando o nome da Universidade Federal do Amazonas. Parabéns a todo corpo docente, discente e TAES da Faculdade de Medicina por toda trajetória de lutas e conquistas”, destacou o reitor.

Confira o histórico completo da Faculdade de Medicina da Ufam.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página