Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Discente da Universidade Federal do Amazonas desenvolve aplicativo (‘Tô na Ufam’) que facilita acesso a dados do PSC e ajuda estudantes a ingressarem na Universidade
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Discente da Universidade Federal do Amazonas desenvolve aplicativo (‘Tô na Ufam’) que facilita acesso a dados do PSC e ajuda estudantes a ingressarem na Universidade

  • Publicado: Terça, 20 de Julho de 2021, 15h46
  • Última atualização em Terça, 20 de Julho de 2021, 16h33
  • Acessos: 1905

Por Juscelino Simões

Equipe Ascom

Agora os estudantes do Ensino Médio já podem disponibilizar um aplicativo que fornece informações em um único local sobre o Processo Seletivo Contínuo da Universidade Federal do Amazonas (PSC/Ufam). O aplicativo foi desenvolvido pelo discente do curso de Engenharia Elétrica/Eletrônica da Ufam, Julis Figueira de Araújo, por meio de projeto no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/CNPq/Ufam). 

O aplicativo ‘Tô na Ufam’ foi desenvolvido com o objetivo de prestar auxílio aos alunos do Ensino Médio que desejam ingressar na Ufam por meio do PSC. O aplicativo disponibiliza ao usuário organizar os estudos e obter informações sobre o curso que deseja ingressar.

Através do app é possível acompanhar e comparar graficamente as notas de corte e a relação candidatos/vagas das últimas edições, ter acesso a todas as provas e gabaritos, gerenciar os estudos através do conteúdo programático do PSC, previamente armazenado, armazenar todos os resultados de provas e simulados e acompanhá-los graficamente, além de muitas outras funções.

O Processo Seletivo Contínuo (PSC) é a forma de ingresso estabelecida pela Universidade com seleção feita em avaliação seriada e contínua nas três séries do Ensino Médio. O aluno realiza a primeira avaliação no 1º ano, depois faz novamente no 2º e 3º e, após escolher o curso que deseja seguir (somente no 3º ano), é classificado por meio de maior pontuação conforme o número de vagas do curso escolhido. 

O discente foi orientado pelo professor do curso de Ciências da Computação do Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (Icomp), Horácio Antônio Braga Fernandes de Oliveira. O aplicativo está disponível no Google Play, como também os estudantes podem acessar o Instagram no endereço @tonaufam.

O discente do 8º período do curso de Engenharia Elétrica/Eletrônica da Faculdade de Tecnologia da Ufam, Julis de Araújo, afirmou que a ideia de construir o aplicativo foi em razão das dificuldades que teve quando era aluno do Ensino Médio em obter dados do PSC em um só lugar. “A ideia de desenvolver o aplicativo surgiu da minha experiência pessoal enquanto vestibulando. Eu e meus amigos antes de entrar na Ufam sempre estávamos buscando informações sobre o PSC como nota de corte, as provas anteriores, entre outros dados, mas não tínhamos um canal único que pudesse fornecer as informações como queríamos. As informações eram disponibilizadas no site da Compec só que não estavam aglutinadas de uma forma que fosse mais interessante de acessar. Na época pensava em alguma coisa que juntasse todas as informações em um mesmo local para facilitar o acesso aos dados. Os professores dos cursinhos explicavam sobre a nota de corte, mas eu tinha dificuldade para encontrar os dados. A ideia só foi amadurecendo quando cheguei na Ufam, mas as muitas disciplinas do meu curso não permitiam que eu me dedicasse em desenvolver o aplicativo. Mas aí chegou a pandemia no ano passado e eu decidi aprender a montar um aplicativo, fazer código de aplicativo. Desde o início da pandemia de 2020 eu trabalhei nele. Comecei a montar tabelas no Excel com todas as notas de corte, relação de candidato/vaga desde 2014. Hoje consegui contar cerca de 11 mil dados relacionados ao PSC que eu consegui juntar. É gratificante porque uma dificuldade que eu e meus amigos tivemos consegui facilitar para outros estudantes terem um acesso melhor. Espero que o aplicativo vá melhorando com o tempo, tenha atualizações para se adequar a cada momento”, destacou o discente.                

registrado em:
Fim do conteúdo da página