Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Assistência estudantil da Ufam realiza 'III Encontro de Profissionais' da área

  • Publicado: Sexta, 05 de Julho de 2019, 14h29
  • Última atualização em Sexta, 05 de Julho de 2019, 14h54
  • Acessos: 193

Por Juscelino Simões

Equipe Ascom

O Departamento de Assistência Estudantil (Daest), da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) da Universidade Federal do Amazonas realizou nesta semana, 3 a 5, o ‘III Encontro de profissionais da assistência estudantil da Ufam’. O evento reuniu profissionais da assistência estudantil, com o intuito de discutir os procedimentos de operacionalização dos programas, projetos e benefícios oferecidos pelo Departamento de Assistência Estudantil.

O reitor da Universidade Federal do Amazonas, Sylvio Mário Puga Ferreira, abriu o ‘III Encontro de profissionais da assistência estudantil da Ufam’, na quarta-feira, 3, juntamente com a diretora do Daest, Mônica Barbosa, e do representante da pró-reitora de gestão de pessoas, Jorge Alberto.

O evento teve como objetivo reunir profissionais envolvidos direta e indiretamente na assistência estudantil na Ufam, e discutir os procedimentos adotados no atendimento dos estudantes em programas, projetos e benefícios oferecidos no âmbito da assistência estudantil na Instituição.

Os profissionais de todas as unidades, envolvidos nas atividades de assistência estudantil, discutiram sobre o trabalho que desenvolvem em suas unidades, seus entraves e possibilidades diante das condições financeiras e administrativas.

A promoção de eventos dessa natureza, tem como finalidade criar espaços de troca entre os servidores, funcionando como modelo de capacitação e unificação dos procedimentos, observando as características de cada unidade acadêmica da Ufam.

“É o III Encontro da Assistência Estudantil que o Daest realiza com o intuito de congregar profissionais que atuam nos programas de assistência nas unidades da capital e do interior. Recebemos os servidores para verificar a questão da comunicação, como tem sido aplicado as seleções dos auxílios, questões que envolvem o trabalho profissional, entre outros assuntos. O evento serviu para o levantamento das dificuldades de cada unidade e como a administração pode contribuir pra auxiliar no desenvolvimento do atendimento. Temos problemas com a falta de profissionais para atender os programas que desenvolvemos na Ufam, em razão da ampliação dos auxílios (de dois auxílios em 2017 para 11 auxílios neste ano). A ideia foi discutir os problemas e tentar resolvê-los para melhor atender aos mais de 80% dos estudantes que buscam os auxílios”, afirmou Waldriane Nascimento da Silva, coordenadora de Desenvolvimento Estudantil do Daest.  

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página