Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > 'Letras em Foco’ aborda historiografia da linguística e literatura nigeriana no próximo dia 5
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

'Letras em Foco’ aborda historiografia da linguística e literatura nigeriana no próximo dia 5

  • Publicado: Sexta, 31 de Julho de 2020, 16h57
  • Última atualização em Sexta, 31 de Julho de 2020, 17h07
  • Acessos: 166

 

O Grupo de Estudos da Metáfora e Pesquisas sobre Língua e Literatura de Expressão Amazônica (GREMPLEXA), ligado a Faculdade de Letras da Universidade Federal do Amazonas (Flet/Ufam), na próxima quarta-feira, 5, às 15h, realiza o Letras em Foco com palestras sobre ‘Historiografia da linguística e o ensino da língua’, apresentada pela mestranda Luana Cunha da Universidade Federal Fluminense (UFF); e ‘A literatura nigeriana contemporânea: identidade e diáspora’, ministrada pela mestranda Bruna Verastegui da ULBRA.

O evento é gratuito, aberto ao público, e os interessados em participar podem solicitar o link pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. As salas são abertas sempre às quartas-feiras, a partir das 14h30, horário de Manaus. De acordo com o coordenador do projeto, docente Carlos Antônio Magalhães Guedelha, os encontros virtuais mantém o compartilhamento e a produção de conhecimentos durante a pandemia. “Ressalto que as apresentações estão ocorrendo sempre às quartas-feiras, com início às 15h (horário de Manaus), nos meses de julho a novembro, por meio do aplicativo Zoom”, lembrou o professor da Flet.

Edição Anterior

O Letras em Foco da última quarta-feira, 29 de julho, tratou de ‘Representações de professores em formação sobre inglês como língua franca: um estudo de caso no Projeto CEL’, com a palestra do discente da Ufam, aluno Ayrton N. de Oliveira; em seguida, o aluno Vinicius Villani Abrantes, ligado a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que abordou o tema “A necessidade da efetivação do português como língua de acolhimento nas políticas públicas”.

Para a professora Rosalia Marques, doutoranda em Educação pela Universidade de Integração das Américas (UNIDA), o evento atende às necessidades estudantis, principalmente no momento de isolamento social. “A proposta do projeto Letras em Foco abriu o leque de oportunidades, onde os acadêmicos, mestrandos e doutorando possam expor suas pesquisas e conhecer outras em um contexto global”, finalizou.

Mais informações sobre as próximas palestras nas redes sociais do grupo:

https://m.facebook.com/profile.php?id=100016738937712&tsid=0.6191345839466686&source=result 

https://instagram.com/gremplexa_ufam?igshid=etr8qz23vs6t 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página