Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Avaliação de ações de capacitação será obrigatória para participantes

  • Publicado: Segunda, 23 de Março de 2020, 15h16
  • Última atualização em Segunda, 23 de Março de 2020, 15h21
  • Acessos: 151
Averiguar o efetivo retorno dos cursos de capacitação no âmbito da Universidade é o objetivo da Avaliação de Impacto divulgada pelo Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP). Servidores que participarem das atividades em 2020 devem realizar o procedimento. 
O Ministério da Economia tornou obrigatória a resposta dos servidores capacitados, assim como de suas chefias, sobre a utilidade das atividades oferecidas pelas instituições públicas para o desenvolvimento do trabalho. A ideia é que todos os servidores contemplados enviem o documento de Avaliação de Impacto para que a Universidade possa verificar se o curso ofertado atingiu seu objetivo. "A Avaliação de Impacto é positiva para a Instituição, pois agora iremos conseguir mensurar de forma mais efetiva se as capacitações que os servidores estão participando são realmente eficazes para o dia a dia no trabalho, e se está ocorrendo uma multiplicação desse conhecimento adquirido para os demais servidores da equipe", informa Giselly Farias, assistente em administração do DDP. "Com o Decreto N 9.991/2019, a avaliação veio como uma obrigatoriedade, onde precisamos anualmente informar ao Ministério da Economia o impacto para a Instituição de cada ação executada", detalha.
Segundo o DDP, 30 dias após a conclusão da atividade, os servidores e as chefias receberão um e-mail da Coordenação de Treinamento e Desenvolvimento com o link do formulário de avaliação da ação ofertada, ao qual terão 15 dias para responder. "Os resultados obtidos serão inseridos no Relatório anual enviado para Ministério da Economia, e buscando dar uma devolutiva para instituição, iremos também divulgar um relatório anual com o impacto das ações de capacitação para a Instituição. Hoje essa divulgação já é feita com os resultados da Avaliação Imediata, que é aplicada ao fim dos cursos realizados", completa Giselly.
 
Para realizar a entrega da avaliação, é necessário seguir o procedimento abaixo:  
- Abrir um processo no SEI;
- Anexar o formulário eletrônico (Formato PDF); 
- Criar um despacho assinado por servidor e chefia imediata; 
- Enviar para a CTD. 
 
O servidor que não enviar a avaliação no tempo devido ficará impedido de participar de ações de capacitação no ano vigente, podendo retornar após o cumprimento da etapa de avaliação.
"A previsão para 2020 é que consigamos executar uma média de 30 ações internas, em breve será divulgado o calendário de eventos internos. Para o primeiro semestre, o foco será a execução de cursos de EAD [educação a distância]", finaliza a representante do DDP.
registrado em:
Fim do conteúdo da página