Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Reitor participa da posse da diretoria da Assua para o triênio 2020-2023

  • Publicado: Segunda, 09 de Março de 2020, 18h03
  • Última atualização em Segunda, 16 de Março de 2020, 11h16
  • Acessos: 876

Por Sebastião de Oliveira
Equipe Ascom Ufam 

A diretoria da Associação dos Servidores Públicos da Universidade Federal do Amazonas (Assua) tomou posse na tarde da última quinta-feira, 5, na sede da entidade, para o triênio 2020-2023. A nova diretoria é formada pela coordenadora geral, servidora Alexandra Heronides Saldanha Facinni e o vice-coordenador, servidor Francisco Torres da Silva. 

Na ocasião, o reitor Sylvio Puga, inicialmente, agradeceu o convite para participar da solenidade e lembrou que a posse da diretoria é a esperança de renovação no trabalho conjunto. O reitor citou que a relação da Administração Superior com entidade é antiga e considerou que o trabalho conjunto não significa pensar igual, mas, entender que todos ambicionam o crescimento da Universidade. 

“É por ela, que temos que trabalhar coletivamente, para que possamos, cada vez mais, ser um local harmonioso para todos. A Ufam obteve nota quatro no Índice Geral de Cursos (IGC), segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e isso é fruto de trabalho coletivo que se dá no cotidiano institucional, nas Unidades Acadêmicas, nos órgãos suplementares”, enfatizou o reitor.  

Ele lembrou ainda que o reconhecimento externo se dá por meio do trabalho de todos. “Eu tenho muita alegria de estar com vocês, compartilhando não somente informações, mas dizendo também que pretendemos trabalhar conjuntamente coma Assua para levar ao associado, mas também, ao servidor da Universidade, o melhor serviço prestado”, disse Sylvio Puga.  

A nova coordenadora, Alexandra Heronides Saldanha Facinni, disse que se sente honrada por ser a quarta mulher à frente da entidade. Ela disse que tem clareza dos desafios que irá enfrentar, mas acredita no apoio dos componentes da nova gestão, da sua representatividade, constituída grande parte por mulheres e tem a certeza que irá fazer uma boa gestão.

“A nossa chapa 'O novo amanhecer' vai se tornar realidade, tendo como principal foco, o resgate de nossa identidade, que precisa ser colocada em primeiro lugar. A melhoria das nossas estruturas legal, administrativa e física e, consequentemente, a valorização dos servidores da Ufam”, assegurou a coordenadora geral.

Em seguida, ela agradeceu a todos que direta ou indiretamente, contribuíram para que o programa de trabalho. “São muitos os desafios que somente poderão ser superados com a participação e contribuição de todos”, completou a diretora.  

O diretor da Associação dos Docentes da Ufam (Adua), professor Marcelo Mário Vallina, parabenizou a nova diretoria, acreditando que na atual conjuntura política assumir a direção de uma entidade pública é ter coragem, ainda mais quando diz respeito a uma gestão feminina. "A Adua irá ajudar ao máximo a entidade que tem um papel fundamental junto a Ufam e a sociedade", finalizou.                                              

registrado em:
Fim do conteúdo da página