Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Departamento de Saúde e Qualidade de Vida (DSQV) disponibiliza exame Papanicolau para a comunidade universitária

Publicado: Segunda, 07 de Outubro de 2019, 14h07 | Última atualização em Segunda, 07 de Outubro de 2019, 15h49 | Acessos: 485

 

Em alusão à mobilização nacional do Outubro Rosa, que faz referência à luta contra o câncer no público feminino, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) convida as mulheres da comunidade universitária (servidoras, dependentes de servidor, estudantes e colaboradoras de prestadoras de serviços), a partir do dia 09 de outubro, para realizarem o exame de colpocitologia oncótica cervical, conhecido também como papanicolau ou preventivo. A iniciativa é do Departamento de Saúde e Qualidade de Vida (DSQV), ligado ao Centro de Atenção Integral à Saúde (CAIS), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde - SEMSA.

O atendimento ocorre às segundas e quartas-feiras, no Centro de Atenção Integral à Saúde (CAIS), localizado no setor Sul do campus universitário. São disponibilizadas cinco vagas no período matutino e cinco vagas no período vespertino. Não serão realizados agendamentos prévios, sendo obrigatória a presença na distribuição de fichas e acolhimento, das 07 às 09h e das 13 às 15h, e trazer Cartão Nacional de Saúde (Cartão SUS), documento de identidade e endereço atualizado com CEP.

É por meio do exame preventivo que podem ser detectadas alterações nas células do colo uterino, chegando ao diagnóstico de câncer de colo de útero. Em caso de resultado positivo, o tratamento tem maiores chances de cura. 

O preparo adequado do exame consiste em: evitar relação sexual, cremes, duchas, exame intravaginal - pelo menos dois dias antes da coleta; não estar menstruada – deve-se aguardar o quinto dia após o término da menstruação.

Importante: De acordo com a Nota Técnica nº 20/2014 – SUSAM, que considera a Portaria no 874/GM/MS, de 16 de maio de 2013, o exame de Papanicolau é disponibilizado às mulheres com vida sexual ativa, prioritariamente àquelas da faixa etária de 25 a 64 anos, definida como a população-alvo. Essa faixa etária é justificada por ser a de maior ocorrência das lesões pré-malignas de alto grau, passíveis de serem efetivamente tratadas e não evoluírem para câncer.

As mulheres com idade inferior ou superior ao estipulado deverão agendar atendimento com a equipe de enfermagem para triagem e avaliação.

Mais informações: 3305-1181 Ramal 4226 / 99318-3101, O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

registrado em:
Fim do conteúdo da página