Centro de Estudo de Línguas da Universidade Federal do Amazonas matricula para curso de férias entre 02 e 05 de janeiro

O Centro de Estudos de Línguas (CEL) informa sua comunidade acadêmica sobre o período para matrícula, que acontecerpa no período de 02 a 05 de janeiro de 2018. Serão ofertados no período de férias os cursos de Língua Portuguesa para Brasileiros, Português para Concursos, Português para Estrangeiros, Língua Inglesa, Língua Espanhola, Língua Francesa, Língua Japonesa, Língua Latina e Língua Brasileira de Sinais e Proficiência em Inglês e Espanhol. 

Os interessados devem ligar para a secretaria do CEL, cujo telefone é 99142-8631 ou ir até o CEL, que funciona de segunda a sexta-feira das 9h às 11h e de 14h às 17h, portando cópia do RG, CPF e comprovante de residência.  

A Coordenação e a Secretaria do CEL colocam-se à disposição da comunidade acadêmica da UFAM e da comunidade em geral. Para mais informações, ligar para a secretaria ou enviar e-mail para projetocelufam1990@gmail.com, pelo site projetocelufam1990.wixsite.com/celufam ou ainda entrar em contato em nossa fan page no facebook www.facebook.com/celufam.

Professores da Ufam participam de reunião no CMA para fomentar parcerias

Por Ismael dos Santos (Equipe Ascom) e professora Jean Serrão (FES)

Representantes da Universidade Federal do Amazonas e da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) estiveram presentes em uma reunião realizada no dia 14 de novembro, no Comando Militar da Amazônia (CMA), para tratar sobre possíveis parcerias acadêmico-científicas com as Forças Armadas. Os pesquisadores foram recebidos pelo comandante militar da Amazônia, General de Exército Geraldo Antonio Miotto, e os Generais de Brigada Antônio Manoel de Barros e Edson Skora Rosty.

Na ocasião o General Miotto propôs fomentar as ações de assistência, ensino e pesquisa na Amazônia por meio de parcerias com os Programas de Residências em Saúde do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) e a Faculdade de Estudos Sociais (FES), levando assistência à saúde e cursos de capacitação nas áreas de Administração, Contabilidade e Economia, na Modalidade à Distância (EaD).

Os professores da Ufam Tristão Sócrates Baptista Cavalcanti e Jean Serrão comentaram que “a parceria trará grandes benefícios à população que reside em locais de difícil acesso no interior da Amazônia, o que inclui as populações tradicionais, levando educação e assistência à saúde ao interior do Amazonas”.

O professor do Curso de Economia, da Escola Superior de Ciências Sociais (ESO) da UEA, Laércio Augusto Guedes de Almeida, ex-tenente do Exército, afirmou que “as ações entre as parceiras devem ser conjuntas, e que a sociedade beneficiada só tem a ganhar”. A opinião do docente também foi compartilhada pelo professor Juscimar Carneiro Nunes, da Faculdade de Medicina da Ufam. “As parcerias entre as universidades e as Forças Armadas trarão oportunidades inovadoras nas áreas de assistência, ensino, pesquisa e extensão, por meio do HUGV, Ufam e UEA. Como exemplo, poderemos atuar com os residentes da área de saúde do HUGV em equipes multidisciplinares, oferecendo um atendimento global à população onde ela mais precisa e tendo uma oportunidade fantástica de formação para os residentes. É claro que estamos apenas iniciando os estudos necessários. É um projeto que demanda planejamento e parceria, mas as possibilidades são excelentes”, afirma.

Atualmente o HUGV possui 25 programas de residência médica, com 163 residentes no total, além de dois programas de residência multidisciplinar e três programas de residência unidisciplinar, que juntos atendem 52 residentes de diversas áreas da saúde, como enfermagem, psicologia, odontologia, assistência social, nutrição, farmácia, educação física, fisioterapia, entre outras.

Biblioteca Central emite comunicado sobre devoluções de livros durante o período de greve dos técnicos em educação

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

O Sistema de Bibliotecas da UFAM informa aos alunos finalistas que em decorrência da greve dos técnico-administrativos em educação, as devoluções das obras emprestadas na Biblioteca do Setor Sul do Campus, devem ser entregues na Biblioteca Central, localizada na Avenida Ayrão, 1033, 4º andar - Sala da Divisão de Bibliotecas Setoriais (DBS).

Já os demais membros da comunidade acadêmica devem aguardar o encerramento da greve para efetuar as devoluções. A Biblioteca recomenda a renovação dos livros no Sistema Pergamum para que não ocorra suspensão e a comunidade possa fazer empréstimos em outras bibliotecas. Os dias de paralisação não irão gerar suspensão. Também haverá um prazo para devolução na volta das atividades da Biblioteca do Setor Sul, o que será informado oportunamente.

Informações: (92) 3305-1181 / Ramal 2150 / 2152 / 2153 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Comitê Gestor do Pacto Universitário pela Educação em Direitos Humanos reúne-se com Reitor da Ufam

 
Por Carolina Lemos
Equipe Ascom

Nesta sexta, 17 de novembro, o Comitê Gestor do Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos, ou simplesmente Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos, reuniu-se no gabinete com o reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, para apresentar o encaminhamento de suas ações.

A Ufam aderiu, em setembro deste ano, ao Pacto, que surgiu de um acordo de cooperação entre o Ministério da Educação e o Ministério da Justiça e Cidadania para a promoção da educação em direitos humanos no ensino superior. Atualmente, mais de 320 IES já estão participando.

O Comitê Gestor conta com representação docente, discente e técnico-administrativa, tendo como sua presidente a professora Márcia Regina Calderipe, do Departamento de Antropologia, e está em fase de elaboração do Plano de Trabalho para 2018.

Sobre o Pacto 

Elaborado a partir de cinco eixos de atuação - ensino, pesquisa, extensão, gestão e convivência universitária –, o Pacto é uma iniciativa muito importante no momento atual.

No âmbito do ensino, o Plano de Trabalho da Ufam deverá incluir a temática dos Direitos Humanos e da cultura de paz como conteúdos preferencialmente obrigatórios, complementares e adaptáveis. No âmbito da pesquisa, promover política de incentivo que propicie o crescimento e o fortalecimento de programas de pós-graduação em Direitos Humanos, com atuação nas temáticas que propiciem o enfrentamento e combatendo a discriminação e a intolerância com grupos em situação de vulnerabilidade.

No âmbito da extensão, atender a demandas não só formativas, mas também de intervenção, por meio da aproximação com os segmentos da sociedade em situação de violência, de vulnerabilidade e de violação de direitos. No âmbito da gestão, incorporar os Direitos Humanos na cultura e na gestão organizacional e institucional, na mediação de conflitos, na forma de lidar e reparar violações por meio de ouvidorias e comissões de Direitos Humanos. E, no âmbito da convivência universitária e comunitária, conjugar esforços para valorizar a diversidade, desenvolvendo uma ética de respeito à alteridade, para assegurar a igualdade de oportunidades, a equidade, a efetivação da democracia, do desenvolvimento, da justiça social e a consolidação de uma cultura de paz e não violência.

O Comitê Gestor na Ufam tem se reunido semanalmente para traçar ações estratégicas que propiciem espaços de discussão e participação da comunidade acadêmica na elaboração do Plano de Trabalho institucional.

Par mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Reitor da Ufam se reúne com o secretário de Segurança Pública do Amazonas

Reunião ocorreu na sede da SecretariaReunião ocorreu na sede da Secretaria
 
Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

Após receber relatos da comunidade acadêmica sobre o crescente número de assaltos nas linhas de ônibus com itinerário dentro do Campus Universitário, o reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, se reuniu com o secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas e vice-governador, Bosco Saraiva, para discutir medidas de segurança. A reunião também contou a presença da professora da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), Eyde Bonatto.

O secretário de segurança recebeu as denúncias e apresentou ao reitor todo um mapeamento de ações que a secretaria vem realizando no entorno do campus, entre elas patrulhamento ostensivo da Polícia Militar por meio de viaturas e abordagens dentro dos ônibus, para coibir os assaltantes. 

“Nós já temos mapeado o que vem acontecendo no entorno do campus universitário, especificamente naquela região entre a Lagoa do Japiim e a Ufam. Inclusive com a rota de fuga dos assaltantes que causam um enorme transtorno para a comunidade universitária. Já determinamos à Secretaria de Operações Especiais da SSP-AM para que cuide desse assunto de forma pontual e imediata. Os estudantes que presenciarem ou forem vítimas desses assaltos devem ligar para o 190 [Ciops] ou 181[SSP]. Dessa forma será acionado um patrulhamento mais próximo da ocorrência”, afirmou Bosco Saraiva.  

O reitor ressaltou a importância das parcerias com o Governo do Estado em prol da Ufam. “Na medida que temos ciência da comunidade acadêmica (professores, técnicos e alunos) sobre essa situação [assaltos], imediatamente buscamos as autoridades competentes para soluções. Estamos trabalhando em conjunto com o Governo do Estado, por meio das Polícias Civil e Militar, para que todas as ações que venham a dar segurança a nossa comunidade sejam tomadas, uma vez que nosso maior patrimônio é a comunidade, além da nossa área física”, destacou o professor Sylvio Puga.

Parceria entre Ufam e Anclivepa beneficia profissionais de veterinária do Amazonas

 
Por Valdeniza Vasques
Equipe Ascom
 

Além de promover capacitação, evento arrecadou ração para os animais domésticos que circulam pelo campus

Uma iniciativa entre a Ufam e a Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais no Amazonas (Anclivepa-AM) promoveu qualificação e responsabilidade social para profissionais de veterinária do Estado. No último dia 11, um ciclo de palestras reuniu cerca de 60 profissionais e estudantes da área em torno de temas como anestesiologia animal, emergência e rotina veterinária. 

O evento também ajudou a arrecadar quarenta quilos de ração para os animais domésticos que vivem no Campus Universitário Senador Arthur Virgílio Filho. Segundo a professora do Instituto de Ciências Biológicas (ICB/Ufam), Roseane Oliveira, ações como essa demonstram “o quanto a nossa Universidade possibilita parcerias que promovem qualificação e recursos na área de veterinária. Além disso, ajuda os animais da Ufam com responsabilidade social”.  A docente é a principal articuladora da parceria com a Anclivepa e está à frente do Laboratório de Anatomia e Fisiologia Animal (Lafa/Ufam).

A parceria com a Associação já rendeu, em 2016, a castração de nove cães e gatos que circulam pelo campus. Esse tipo de iniciativa auxilia no controle da população de animais errantes da universidade e a prepará-los para doação.

Para o presidente da Anclivepa, Estevão Leandro, a cooperação com a Universidade é fundamental para a promoção da capacitação dos médicos veterinários do Amazonas. “Sabemos que a nossa região tem dificuldades de logística que encarecem a capacitação dos profissionais. A Anclivepa tem a missão de diminuir essas dificuldades, e a parceria com a Universidade é fundamental na melhoria da qualidade técnica dos nossos profissionais”, declarou, destacando o excelente espaço físico que a Ufam possui para a realização de palestras e workshops. “Agradecemos a Ufam e esperamos manter a parceria no futuro”, finalizou.

Curso de Letras – Língua Japonesa da Ufam participa de evento do Consulado do Japão

 
Por Raryane Ramos
Equipe Ascom
 
 
O Consulado do Japão realizou evento de premiação do II Concurso de Redação, na manhã de hoje, 17, na Escola Estadual de Tempo Integral Bilíngue Professor Djalma Batista. Entre os convidados, estava a coordenadora do Curso de Letras - Língua Japonesa da Ufam, professora Cristina Sambruichi, o diretor da Fundação Japão, Masaru Susaki e o vice-coordenador do cônsul Japão em Manaus, Yoshinari Oda.
 
'Por que estudar Japonês?' foi o tema do II Concurso de Redação promovido pelo Consulado do Japão e cerca de 200 alunos do ensino fundamental participaram da competição, sendo os 20 melhores premiados com medalhas, certificados e brindes do Consulado do Japão. 
 
A abertura do evento ficou por conta do estudante de Letras – Língua Japonesa da Ufam, Wendell Martins, que contou aos alunos sobre sua experiência de intercâmbio na Universidade de Kagoshima, sendo o primeiro aluno contemplado pelo acordo firmado pelo Curso de Letras – Língua Japonesa, por meio da Assessoria de Relações Internacionais (Arii), com vigência de cinco anos, entre a Ufam e a Universidade de Kagoshima.
 
Um pouco da experiência - “A experiência de vivenciar a realidade do Japão foi muito boa. Em um dia no Japão a gente aprende mais do que em três meses lendo e estudando sobre o Japão. Muita coisa do que eu esperava aconteceu, outras coisas que eu não esperava acabaram acontecendo, tanto positivas, quanto negativas. Em suma, foi uma experiência que eu não tenho nem como mensurar o quanto foi positiva na minha vida”, conta o aluno Wendell Martins.
 
A coordenadora do curso de Letras - Língua Japonesa da Ufam, professora Cristina Sambruichi, contou sobre o sentimento de orgulho da participação de um aluno no intercâmbio entre as universidades e  falou ainda sobre a apresentação de Wendell: “Ele fez uma apresentação muito boa, foi divertida, fácil de entender e eu espero que os alunos fiquem interessados nesse tipo de intercâmbio porque nós queremos que eles continuem estudando japonês e que muitos deles ingressem na Universidade para estudar e aprofundar o estudo de língua, cultura e literatura japonesa”.
 

Professores Marcus Barros e Marilene Corrêa produzem artigo sobre o documentário Beyond Fordlândia

Na obra, os intelectuais analisam os impactos desastrosos, tanto no passado quanto no presente, do projeto agroindustrial Fordlândia, protagonizado pelo empresário estadunidense Henry Ford na Amazônia entre 1929 e 1945.

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

O artigo intitulado “Beyond Fordlândia: para além da indiferença contemporânea”, de autoria dos professores da Ufam Marilene Corrêa e Marcus Barros, publicado no Jornal Correio do Brasil, no último dia 15 de novembro, consiste em uma análise da obra cinematográfica “Beyond Fordlândia”, dirigida por Marcos Colón e que apresenta, nove décadas mais tarde, o fracasso da ação de Henry Ford na Amazônia.

No final da década de 1920, Henry Ford, um bem-sucedido empresário do ramo automobilístico, resolve ter a própria produção de látex para a fabricação de pneus e, assim, tornar-se independente da produção de borracha asiática. Para tanto, ele adquire uma vasta extensão de terras no estado do Pará e constrói uma cidade para viabilizar seu projeto, marcado por uma intervenção cultural e econômica devastadora, que persiste até os dias atuais. No artigo, os autores classificam a experiência de Ford na Amazônia.como um “atentado”.

O documentário já recebeu três premiações por dar visibilidade aos efeitos de tais intervenções através de depoimentos de índios, posseiros e assalariados rurais.

Sobre os autores:

Marcus Luiz Barroso Barros é ex-reitor da Ufam; membro da Academia Amazonense de Letras; médico e pesquisador com destacada atuação na saúde pública do Amazonas.

Marilene Corrêa da Silva Freitas é presidente do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA); membro da Academia Amazonense de Letras (AAL); ex-reitora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e professora do Departamento de Ciências Sociais da Ufam. Pesquisadora dos Programas de Pós-graduação em Sociologia e em Sociedade e Cultura na Amazônia na Ufam.

Confira, em anexo, o artigo publicado pelos professores da Ufam.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Beyond Fordlandia.pdf)Beyond Fordlandia.pdf[ ]2624 kB

Demat informa prazo final para empenho e fechamento de almoxarifado

O Departamento de Material (Demat) informa às unidades acadêmicas/administrativas que, em virtude do encerramento do exercício financeiro, receberá somente até o dia 24/11/2017 (sexta-feira) os pedidos para empenho, conforme Atas de Registro de Preço vigentes. Não serão mais processados pedidos para abertura de licitação neste ano.

Informa ainda que no dia 05/12/2017 (terça-feira), o Almoxarifado Central será fechado para Inventário Anual e Auditoria, quando não serão mais liberados os materiais de expediente, existentes em estoque, até a data de 15/01/2018 (segunda-feira).

Informe sobre o feriado, 20 de novembro

A Universidade Federal do Amazonas informa à comunidade universitária que dia 20 de novembro, segunda-feira, em virtude do feriado do Dia da Consciência Negra, não haverá atividades em todas as unidades acadêmicas. 

Prefeitura do Campus faz podagem e manutenção neste domingo, 19

A Prefeitura do Campus Universitário informa que dia 19 de novembro, domingo, será feita manutenção na rede elétrica e podagem de árvores, portanto não haverá energia elétrica no Campus Manaus. 

Abertura do XII Encontro de Avicultura ocorreu nesta quinta-feira, na FCA

Mesa de abertura do XII Encontro de Avicultura da UfamMesa de abertura do XII Encontro de Avicultura da UfamPor Juscelino Simões
Equipe Ascom

O setor de Avicultura da Faculdade de Ciências Agrárias da Ufam realizou na manhã desta quinta-feira, 16, a abertura do XII Encontro de Avicultura da Faculdade de Ciências Agrárias, com o tema ‘Inovações na Ciência Avícola’. Paralelamente ocorre a VI Mostra de Avicultura com a exposição de banners de pesquisas realizadas por estudantes da FCA.

A mesa de abertura foi composta pela vice-diretora da Faculdade de Ciências Agrárias da Ufam (FCA), Maria Teresa Gomes, diretora de Projetos e Programas de Extensão Universitária da Pró-Reitoria de Extensão (Dproex), professora Maria de Nazaré de Lima Ramos, coordenador geral do evento e do setor de Avicultura da FCA, Frank George Guimarães Cruz, diretor do Centro de Ciências do Ambiente da Ufam, Eron Bezerra, chefe do Departamento de Produção Animal e Vegetal, Expedita Maria de Oliveira Pereira e professor do Ifam/zona Leste, Felipe Faccini dos Santos.

O evento tem como objetivo proporcionar a estudantes, profissionais, técnicos e produtores a oportunidade de atualizarem seus conhecimentos em temas relacionados à produção avícola com ênfase nas novas tecnologias presentes no mercado e acessíveis para a utilização pelo produtor. O Encontro discute a temática ‘Otimização da produção avícola no Amazonas’. Consta na programação palestras com profissionais renomados, minicurso, debates e apresentação de trabalhos dos estudantes da graduação e pós-graduação da FCA.

A palestra de abertura do evento foi proferida pelo professor do Ifam/zona Leste, Felipe Faccini dos Santos com o tema ‘Impactos econômicos das doenças aviárias’.

A vice-diretora da FCA, Maria Teresa Gomes, destacou o trabalho do professor Frank Cruz na realização do Encontro e na luta pela melhoria do conhecimento nesta área. “Vejo o professor Frank Cruz como um grande entusiasta. Com toda sua equipe vêm desenvolvendo a área de avicultura na Instituição e na região durante anos. O setor de Avicultura da FCA tem se destacado como produtor de tecnologia, de conhecimento e oportunizado produtores a melhorarem sua produção avícola. Parabenizo o professor pela dedicação em realizar este evento há 12 anos e oportunizar a comunidade a ter acesso a novos conhecimentos”, afirmou a diretora em exercício da FCA.

O coordenador e idealizador do evento, Frank Cruz, ressaltou que o Encontro é direcionado a um público eclético. “O XII Encontro e a VI Mostra de Avicultura é voltado para um público bem eclético (estudantes da graduação, de pós-graduação, técnicos e produtores rurais) porque tudo que é pesquisa gerada dentro da universidade precisa ter o conhecimento da sociedade. Nossas pesquisas, os resultados de nossas atividades, precisam extrapolar os muros da Ufam por meio de eventos, de semanas, de encontros entre o cientista e a sociedade. Por isso iniciamos há 12 anos o primeiro Encontro de Avicultura com este objetivo. Não se faz pesquisa pra você mesmo. É necessário divulgá-las e atender as demandas sociais”, concluiu Frank Cruz.

O estudante do 4º período de Zootecnia e bolsista de Iniciação Científica do setor de Avicultura da FCA, Gilberto Batista Viana Filho, afirmou que o XII Encontro de Avicultura é importante porque a comunidade acadêmica tem a oportunidade de ter acesso a resultados de pesquisas da área, além de atender a produtores rurais. “O evento vai agregar informações para estudantes, pesquisadores, além de atender as demandas de produtores rurais regionais”, disse o estudante.       

Biblioteca Central da Ufam recebe doação de livros da Petrobras

Acervo doado são das áreas de Geologia e Engenharia de Petróleo e GásAcervo doado são das áreas de Geologia e Engenharia de Petróleo e GásPor Ismael dos Santos (Equipe Ascom) e Célia Lira (Diretora da Biblioteca Central)

A Universidade Federal do Amazonas recebeu da Petrobras, por meio de doação, um acervo de 2.595 volumes. São 1.788 livros, 691 fascículos de periódicos e 116 CDs/DVDs. Os conteúdos estão relacionados principalmente as áreas de Geologia e Engenharia de Petróleo e Gás. Todo o material informacional será avaliado segundo os critérios da política de Seleção, Avaliação e Aquisição de Acervos do Sistema de Bibliotecas, para posterior incorporação ao acervo da universidade.

A diretora da Biblioteca Central Célia Lira declarou a importância de receber a doação de um acervo que antes atendia a pesquisadores da Petrobras, empresa multinacional especializada em exploração de Petróleo e Gás. “O material informacional irá agregar grande valor ao acervo da Ufam e, com certeza, será muito utilizado pela comunidade universitária”. 

Empresas interessadas em fazer doações de livros para Ufam, e demais acervos informacionais, podem entrar em contato com a Biblioteca Central: (92) 3305-1181 / Ramal 2150 / 2152 / 2153 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Museu Amazônico inicia atividades do Laboratório de Conservação e Restauro de Documentos


O Laboratório de Conservação e Restauro de Documentos  (Lacord), ligado à Divisão de Pesquisa e Documentação Histórica (DPDH) do Museu Amazônico da UFAM, tornou-se realidade a partir de discussões com o Diretor do Museu Amazônico que, abraçando a ideia, passou a execução e coordenação ao professor Leandro Coelho de Aguiar, professor do Curso de Arquivologia vinculado a Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da UFAM e Diretor da Divisão de Pesquisa e Documentação Histórica do Museu Amazônico, que conta com o apoio do também arquivista Bruno Trece, servidor da instituição, especialista em preservação de documentos pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST, localizado no prédio histórico da antiga Faculdade de Farmácia, no bairro da Aparecida, Zona Sul de Manaus.

As atividades do laboratório iniciaram em  outubro de 2017, com a realização de oficinas de conservação preventiva para os alunos da disciplina de Conservação e Restauro de Documentos do Curso de Arquivologia, assim como uma oficina de qualificação exclusiva para os servidores do Museu Amazônico e funcionários da Secretaria de Cultura do Amazonas, ministradas pelo engenheiro químico do Arquivo Nacional Antônio Gonçalves como atividade integrante do Seminário Perspectivas de Conservação e Restauro do Patrimônio Documental no Amazonas, realizado em parceria entre o curso de Arquivologia, o Museu Amazônico e a Secretaria de Cultura do Amazonas, através do Ateliê de Conservação e Restauro. 

De acordo com o Diretor do Museu Amazônico, Dysson Teles Alves, a criação do Laboratório vem cumprir uma parte significativa das tarefas de organização arquivística desenvolvidas pela Divisão de Pesquisa e Documentação Histórica e, sobretudo, contribuir de forma efetiva para a formação acadêmica e profissional tanto dos alunos do curso de arquivologia quanto para  profissionais de todos os níveis que atuam na área por meio de cursos e oficinas práticas.

O  Lacord tem como objetivo servir de local técnico do Museu Amazônico, realizando o trabalho de conservação e restauro do acervo histórico em sua custódia, mas também é pautado pelo tripé universitário Ensino-Pesquisa-Extensão, contribuindo assim, na formação dos alunos, na produção de conhecimento científico e na apresentação e transformação prática de seus resultados em produtos que possam ajudar a sociedade em geral.

Finalizada esta primeira etapa de idealização e consolidação do Laboratório, o mesmo estará apto a realizar atividades de conservação preventiva através da identificação, análise das condições do suporte e da informação, higienização básica e acondicionamento adequado. Espera-se que, com a montagem total do Laboratório, após a adequação da estruturação física do prédio e da aquisição de mão de obra especializada, maquinários, utensílios e material, possam ser realizadas atividades de pequenos reparos e restaurações mais profundas da documentação, não apenas em suporte de papel, mas em outros suportes digitais, filmográficos e tridimensionais. Além disso, um terceiro objetivo será o de prestar  serviços e suporte técnico a outras instituições públicas e privadas.

Para o Diretor da Divisão de Pesquisa e Documentação do Museu Amazônico, professor Leandro Aguiar, “o objetivo é que o Laboratório venha a se tornar referência na preservação do patrimônio documental não apenas no Amazonas, mas em toda a região Norte, colaborando para a melhor prática de guarda e disseminação das informações, que ajudam a compreender e consolidar a própria concepção histórica e sociocultural das diversas identidades presentes na formação da Amazônia”.  

 

Biblioteca do Icet/Ufam em Itacoatiara passa a utilizar sistema automatizado de informação

Por Ismael dos Santos (Equipe Ascom) e Biblioteca Central

A Biblioteca do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade Federal do Amazonas (Icet/Ufam) em Itacoatiara começou a operar com o atendimento de circulação do material informacional, de forma automatizada, utilizando o sistema Pergamum. A automação traz à biblioteca mais agilidade no processamento e disponibilização do acervo, rapidez na recuperação das informações pelos usuários e dinamismo no atendimento.

A equipe da biblioteca dedicou bastante trabalho para que fosse possível disponibilizar o acesso de forma rápida, cômoda e segura aos usuários, bem como um maior controle sobre o acervo por parte da coordenação. Agora a comunidade acadêmica do Icet também pode fazer reservas e renovações de livros pela internet.

“Sabemos que informatizar bibliotecas é um processo desafiador, pelas características dos serviços e a variedade das informações a serem tratadas e dispostas para acesso e uso, bem como pela infraestrutura de tecnologia necessária. Requer planejamento cuidadoso e sistemático, sobretudo quando precisam ser feitas implementações durante o calendário acadêmico em andamento. Porém o beneficio que o serviço trará aos usuários vale o sacrifício”, declarou a Diretora da Biblioteca Central, Célia Lira.

Confira os mestrados e doutorados com inscrições abertas

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

A Universidade Federal do Amazonas, por meio da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (Propesp), informa que estão abertas as inscrições para quatro programas de pós-graduação stricto sensu. Os editais estão disponíveis no site da Propesp e podem ser acessados por meio de três navegadores: Chrome, Mozilla Firefox e Internet Explorer. Confira as seleções:

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Nível: Mestrado

Número de vagas: 18 regulares e quatro suplementares

Inscrições: de 10 a 21 de novembro de 2017

Seleção com três etapas sendo que a primeira, prova de conhecimentos, será aplicada no dia 26 de novembro.

Retificação do edital em anexo.

(Acesse o edital)

 

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção

Nível: Mestrado Profissional

Número de vagas: 16 regulares e quatro suplementares

Inscrições: 13 a 24 de novembro

Etapa única com prova de conhecimentos marcada para o dia 30 de novembro.

(Acesse o edital)

 

Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica

Nível: Doutorado

Número de vagas: 11 regulares e duas suplementares

Inscrições: 1 a 30 de novembro

Seleção com três etapas: Análise da Proposta do Projeto de Pesquisa, Avaliação Oral do Projeto de Pesquisa e Prova de Títulos;

(Acesse o edital)

 

Programa de Pós-Graduação em Matemática

Nível: Mestrado

Número de vagas: 19 regulares e quatro suplementares

Inscrições: 16 de novembro de 2017 a 16 de fevereiro de 2018

Seleção de etapa única com prova de conhecimentos para o dia 26 de fevereiro de 2018

(Acesse o edital)

 

Próximas seleções

Para os meses de dezembro de 2017 e fevereiro e 2018 estarão abertas as inscrições, respectivamente, para o Mestrado em Geociências e Doutorado em Informática. Os editais já podem ser consultados no site da Propesp.

Informações: (92) 3305-1181 / Ramal 1496 / 2015 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Notícia relacionada

Propesp divulga editais de seleção para cursos de especialização a distância. São mais de 1.300 vagas. Taes têm vagas reservadas

 

II Fientec de Coari é sucesso de público

Reitor na abertura solene da II Fientec em CoariReitor na abertura solene da II Fientec em CoariO Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB) de Coari realizou no período de 5 a 10 de novembro a ll Feira de Inovação, Ciência, Tecnologia, Extensão e Cultura do Médio Solimões (II Fientec). A comunidade acadêmica e da região participaram ativamente das atividades da Feira. A abertura contou com a participação do reitor da Ufam, Sylvio Mário Puga Ferreira, e outras autoridades universitárias que compuseram a mesa de abertura do evento.

O II Fientec reuniu diversos públicos no município de Coari, de 5 a 10, que participaram ativamente de minicursos, palestras, concursos (‘Garota Fientec’, de redação, desenho) culinária, espetáculo de humor, entre outras atividades. O maior evento multitemático de Coari teve mais de 1.500 participantes que puderam ter acesso a conhecimentos científicos, tecnológicos, culturais, além da troca de experiências.     

Idealizado pelo diretor do ISB, Josemar Gurgel da Costa, o evento teve como propósito diminuir as perdas sócio-culturais observadas na região do Médio Solimões e, ao mesmo tempo, abrir as portas da Universidade para a população.

A segunda versão da Fientec inovou porque teve o apoio e participação direta da prefeitura municipal de Coari e da Seduc, que forneceram espaço e infraestrutura para que a mesma fosse realizada simultaneamente em dois locais: no ISB, com as atividades científicas e de extensão, atraindo mais de 1500 participantes, entre alunos do Ensino Fundamental e Médio, professores e acadêmicos e no ginásio de esportes, Geraldo Granjeiro, com as atividades culturais e apresentações de inovações tecnológicas visitadas por quase 2000 pessoas.

“Diferente da versão anterior, a Fientec deste ano foi voltada não apenas ao público acadêmico, como também a professores e estudantes do Ensino Fundamental e Médio das redes estaduais e municipais e moradores de Coari. Com isto, a população local teve a oportunidade, não apenas de se aproximar de inovações científicas, tecnológicas e culturais, como de estimular seus jovens a conhecer suas vocações, mergulhando no mundo da pesquisa, da ciência e da cultura”, disse o diretor do ISB, Josemar Gurgel da Costa.

Diversos eventos compuseram a II Fientec do ISB e contribuíram efetivamente na discussão de vários temas científicos e culturais. A I Mostra de profissões do Médio Solimões; o II Congresso de Iniciação Científica; a II Feira de Inovação e Tecnologia; a II Mostra de Extensão Universitária; a II Mostra Cultural Universitária; o Espaço Pequeno Cientista; I Encontro das Licenciaturas em Ciências e I Encontro de nutrição do Médio Solimões foram os eventos que formaram o evento maior.

“O sucesso da Feira foi resultado do trabalho dos coordenadores e membros de diferentes comissões”, destacou o diretor do ISB, Josemar Gurgel.  "Eu gostaria muito de agradecer à Unidade de Telesaúde do Hospital Universitário Getúlio Vargas, através da Gerência de Ensino e Pesquisa, e da doutora Adriany Lins, que tem mediado esses trabalhos na II Fientec. É uma satisfação para nós termos a participação desses profissionais que têm participado conosco através de videoconferência. Muito obrigado a todos", finalizou.

Mostra de Profissões leva cerca de 700 alunos da rede pública ao ISB/Ufam em Coari

Por Ismael dos Santos (Equipe Ascom), Davi Queiroz e Ananda Maria (ISB/Ufam)

Foi realizada no Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB/Ufam) em Coari, nos dias 07 e 8 de novembro, a I Mostra de Profissões do Médio Solimões, que teve por objetivo expandir as possibilidades em relação a escolha profissional de alunos da rede pública.

A mostra ocorreu na II Feira de Inovação, Ciências, Tecnologia, Extensão e Cultura do Médio Solimões (Fientec 2017), que teve como tema “Tecnologia, extensão e cultura em prol da Educação e da Profissão”.

O evento atendeu cerca de 700 alunos do Ensino Fundamental e Médio das seguintes escolas: Escola Estadual Maria Almeida do Nascimento, Escola Estadual Prefeito Alexandre Montoril (GM3), Centro de Educação de Tempo Integral Manuel Vicente Ferreira Lima, bem como discentes do Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFAM) em Coari.

Os estudantes foram recepcionados com uma palestra sobre Orientação Profissional realizada pela Psicóloga do ISB, e também Coordenadora da Mostra, Ananda Maria. Objetivo foi despertar a importância da escolha profissional de forma consciente, fazendo uma reflexão sobre os aspectos implicadores neste processo.Sala da Mostra de Profissões recebeu cerca de mil visitasSala da Mostra de Profissões recebeu cerca de mil visitas

A Mostra contou com a participação do intérprete de Libras Ozian Carvalho, do Núcleo de Acessibilidade do ISB “Eu Apoio”, o que possibilitou a visibilidade para a necessidade da atuação em inclusão, e assim os participantes surdos tiveram condições de vivenciar plenamente das atividades.

Após as orientações, os discentes realizaram visitas técnicas em todos os laboratórios do Instituto, recebidos pelos respectivos técnicos, para que observassem de perto o ambiente de trabalho de algumas profissões. Na oportunidade foram apresentados alguns experimentos que chamaram atenção dos visitantes.

Para finalizar o percurso, os alunos adentraram a Sala da Mostra de Profissões,onde continham trilhas que levavam os estudantes a presenciarem um pouco de cada profissão, com ajuda de cenários e informações sobre 70 profissões. A sala foi preparada para gerar impacto em seus visitantes, tanto por meio das informações nos banners, quanto da exposição de objetos que simbolizam e fazem parte dos vários ambientes profissionais apresentados. Devido ao sucesso, a Sala da Mostra de Profissões ficou aberta ao público até a tarde de sábado, 11, e recebeu cerca de mil visitas.

Como forma de intervenção, foi disponibilizado um grande painel para que os visitantes utilizassem a livre expressão, tendo como pergunta norteadora “Que profissão inspira você?”.

A organização do evento lançou ainda o site oficial, que permitiu toda comunidade acadêmica e externa acessar os dados de 70 profissões e indicar as mais desejadas. Até a tarde de sábado, 11, o site registrou mais de 1.600 acessos.

“A I Mostra de Profissões do Médio Solimões foi um sucesso a graças a uma equipe de excelência, comprometida, dinâmica e resolutiva, formada por professores, técnicos administrativos em educação e alunos de todos os cursos do ISB”, afirmou a coordenadora da Mostra, Ananda Maria.

Acesse o site da I Mostra de Profissões do Médio Solimões e veja a galeria de fotos: isb.ufam.edu.br/profissoes

CEL realiza primeiro exame de proficiência TOELF em Coari

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

O programa Centro de Estudos de Línguas da Ufam (CEL), em parceria com o Programa Idioma sem Fronteiras (IsF) do Ministério da Educação,  aplicou pela primeira vez no interior do Amazonas um exame internacional de proficiência TOEFL (Test of English as a Foreign Language).

As provas foram realizadas na tarde do dia 9 de novembro para professores, técnicos e alunos do Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB-Ufam) em Coari, durante a 2ª Edição da Feira de Inovação, Ciência, Tecnologia, Extensão e Cultura do Médio Solimões (II Fientec), com o Tema: “Tecnologia, Extensão e Cultura em Prol da Educação e da Profissão”, onde o CEL e o IsF foram apresentados à comunidade acadêmica do ISB (Saiba mais).

Segundo a coordenadora geral do Programa CEL, professora Maria Perpetua Silva Pessoa “o resultado da proficiência contribuirá com os cursos de expansão do CEL no instituto, como o de Língua Inglesa para Leitura em Artigos Científicos”.

l Jornada de Folkcomunicação discute folclore na Amazônia

 
Por Juscelino Simões
Equipe Ascom

Vice-reitor da Ufam, Jacob Cohen, participou da Jornada de FolkcomunicaçãoVice-reitor da Ufam, Jacob Cohen, participou da Jornada de FolkcomunicaçãoA I Jornada de Folkcomunicação do Amazonas reuniu durante dois dias, 9 e 10, no auditório Rio Solimões, no Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS), pesquisadores, estudantes de graduação, pós-graduação e demais interessados para discutir a importância dos estudos folkcomunicacionais na região Amazônica.

A mesa de abertura do último dia do evento teve a participação do vice-reitor da Ufam, Jacob Moysés Cohen, do diretor da Faculdade Informação e Comunicação (FIC), Allan Rodrigues e da presidente da Rede Folkcom, a professora da Faculdade de Tecnologia de São Paulo, Eliane Mergulhão.

O evento foi organizado pelo Grupo de Pesquisa em Comunicação, Cultura e Amazônia (Trokano) e pela Rede Folkcom e teve dois momentos: na segunda e terça-feira, dias 6 e 7, ocorreu no Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), em Parintins, e ontem e hoje, 9 e 10, na FIC, setor Norte do Campus, em Manaus.

A programação contou com minicursos e mesas-redondas. A Jornada é um evento preparativo para a XIX Conferência Brasileira de Folkcomunicação (Folkcom 2018), que será sediada em Parintins, de 25 a 27 de junho de 2018.

Folkcomunicação

Genuinamente brasileira, a Folkcomunicação foi desenvolvida pelo jornalista e pesquisador pernambucano Luiz Beltrão. O marco teórico vem com a publicação do livro ‘Folkcomunicação: a comunicação dos marginalizados’. A teoria estuda  o conjunto de procedimentos de intercâmbio de informações, ideias, opiniões e atitudes dos públicos marginalizados urbanos e rurais, por meio de agentes e meios direta ou indiretamente ligados ao folclore.

 

Faculdade de Odontologia divulga edital para exame de Revalidação de Diploma

A Faculdade de Odontologia divulga edital de Revalidação de Diploma de Odontologia para candidato com Parecer Conclusivo da Comissão de Revalidação de Diploma de Licenciatura em Odontologia Estrangeiro. O nome do candidato a se submeter à prova escrita está disponível nos endereços eletrônicos www.fao.ufam.edu.br, www.proeg.ufam.edu.br e também no anexo 1 do edital.

A prova acontece dia 27 de novembro, às 08h, na sala 03, na Faculdade de Odontologia, localizada na Av. Ministro Waldemar Pedrosa, 1539, Praça 14 de Janeiro.

Contato para informações: 3305-4910

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Edital de Revalidação.pdf)Edital de Revalidação.pdf[ ]230 kB

Proadm divulga Notas Explicativas Contábeis do terceiro trimestre de 2017 da Ufam

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

A Pró-reitoria de Administração (Proadm), por meio do seu Departamento Financeiro, torna público para a comunidade acadêmica as Notas Explicativas Trimestrais de 2017 da Ufam, as quais trazem informações relacionadas aos diversos demonstrativos contábeis da instituição (Acesse). A ampla divulgação das notas atende ao Comunicado 2017/1160702, do Setor de Contabilidade do Ministério da Educação (MEC).

Informações: Proadm (92) 3305-1181 / Ramais 1483 / 2011

DELC convoca reunião sobre XII Jogos Universitários da Ufam

 
O Departamento de Esporte, Lazer e Cultura (DELC), da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas, convoca todos os representantes de curso (em caráter de urgência) a comparecer na reunião extraordinária que acontecerá dia 10 de novembro, sexta-feira, às 12h, no Bloco do Paulo Burhein, Setor Sul do campus.
 
Na reunião, será tratado sobre a ficha de cadastro de representantes de curso (em anexo), inscrições XII JUUFAM e programação cultural. Os cursos que ainda não cadastraram seus respectivos representantes devem comparecer com cópia do RG, comprovante de matrícula, carimbada e assinada pela coordenação do curso.
 
O DELC reforça a importância da presença de todos os representes dos cursos.

 

Departamento Financeiro terá expediente interno na sexta-feira, 10

Tendo em vista ajustar o orçamento e a execução financeira para o encerramento do exercício, a direção do Departamento Financeiro, da Pró-Reitoria de Administração e Finanças, informa ao público em geral que o expediente do dia 10/11/2017 será exclusivamente interno. Na segunda-feira (13), o setor atenderá normalmente.

 

Feff realiza abertura do Seminário Multidisciplinar de Pesquisa e Pós-Graduação

Por Juscelino Simões
Equipe Ascom

Palestra de abertura ministrada pelo professor Wagner WeyPalestra de abertura ministrada pelo professor Wagner WeyA Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Ufam (Feff) realizou nesta manhã de quarta-feira, 8, a abertura da primeira edição do Seminário Multidisciplinar de Pesquisa e Pós-Graduação. A abertura ocorreu no auditório Eulálio Chaves, no setor Norte do Campus Universitário, e teve a presença de inúmeros estudantes e professores de diferentes áreas.

Ao promover uma discussão interdisciplinar sobre o movimento humano, suas funcionalidades e saúde, a direção da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Ufam, o objetivo da primeira edição do evento é despertar no público a procura pelo programa de formação stricto sensu da Feff.

O evento é pioneiro na região Norte e foi pensado a partir da necessidade de promover um debate com renomados especialistas da área da Educação Física e a comunidade acadêmica para promoção do recente criado Programa de Pós-Graduação da Feff (mestrado).  

A coordenadora do Seminário, professora Kelly de Jesus Allen Graça, afirmou que o evento tem o objetivo de incentivar professores e estudantes de diferentes áreas pela formação stricto sensu da unidade. “É um evento pioneiro na região Norte e tínhamos a necessidade de realizar o Seminário para promoção do nosso programa de mestrado que foi criado recentemente. Recebemos alguns dos melhores pesquisadores da Educação Física e de outras áreas afins do País que vão expor seus trabalhos aos participantes até a sexta-feira, dia 10”, disse a coordenadora.

O diretor da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Ufam, João Libardoni, destacou que existe uma dívida da unidade com a sociedade amazonense em relação à pesquisa e a pós-graduação e que o Seminário é um marco nesse processo da formação. “A Feff organiza seu primeiro evento voltado para a pesquisa com a perspectiva de despertar o interesse de estudantes e professores da área. Nossa unidade tem uma dívida com a comunidade amazonense e o Norte do Brasil com relação à pesquisa e a pós-graduação. Esperamos incentivar a procura pela formação stricto sensu da Faculdade. Trouxemos grandes pesquisadores do Brasil, tanto da Educação Física como da Fisioterapia, que vão apresentar suas pesquisas ao público”, destacou o diretor.

O pesquisador Wagner Wey Moreira, da Universidade de Campinas (Unicamp) proferiu a palestra de abertura com o tema ‘Abordagem Fenomenológica, Complexidade Humana e Educação Física’. O tema ressalta a importância da base teórica da pesquisa na área da Educação Física e de que forma pode-se pesquisar o corpo humano.    

O estudante do curso de Educação Física, Wandemberg Pereira Sampaio, disse que o evento agrega novos conhecimentos que enriquece o currículo dos estudantes. “É importante participar de um evento dessa magnitude porque agrega novos conhecimentos e contribui em nossa formação acadêmica”, afirmou o estudante. 

Programação

Palestras, mesas-redondas e apresentação de trabalhos científicos compõem o cronograma de atividades do seminário. Ao todo, serão expostos mais de 130 resumos científicos.

O professor da Universidade de São Paulo (USP), Go Tani,  fala sobre os projetos e fomentos, públicos e privados, da pós-graduação no País, além dos desafios e perspectivas dos programas na atual realidade social, política e econômica brasileira.

Outras seis mesas-redondas estão programadas, além de exposição de trabalhos em três linhas temáticas.

A programação completa pode ser acessada no site oficial do evento. O Seminário de Pesquisa e Pós-Graduação da Feff é fomentado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).