Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Professora Artemis Soares, titular da Ufam e imortal da AAL, toma posse na Academia Brasileira de Educação Física

Publicado: Terça, 15 de Outubro de 2019, 15h41 | Última atualização em Quarta, 16 de Outubro de 2019, 16h03 | Acessos: 512

Com uma trajetória acadêmica coroada de realizações e reconhecimento, a professora titular da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade Federal do Amazonas (Feff/Ufam) Artemis de Araújo Soares tomou posse como membro da Academia Brasileira de Educação Física (Abef), na cadeira 22, cujo patrono era professor Guilherme Pinto Nery.

A solenidade ocorreu na última sexta-feira, 11, na Academia Amazonense de Letras (AAL), onde a docente já ocupa, desde outubro de 2017, a cadeira de número 40, e prestigiada pelo reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, discentes, familiares e amigos da agraciada. O orador da solenidade foi o professor João Luiz da Costa Barros que, emocionado, fez a saudação a nova imortal.

No Diploma, assinado pelo presidente e pelo vice-presidente da Abef, professores Almir Adolfo Gruhn e José Fernandes Filho, é conferido à professora da Ufam o título de “Membro Efetivo” da Academia. O patrono da cadeira, professor Guilherme Nery, também fora docente da então Universidade do Amazonas, o que confere a esta Federal lugar de destaque na Abef, com os dois únicos amazonenses a se tornarem imortais da Academia.

Além do reitor da Universidade, acompanharam a cerimônia de posse o diretor da Unidade Acadêmica onde a professora Artemis desenvolveu grande parte de seu trabalho, professor João Libardoni, e as docentes Lionela da Silva Corrêa e Minerva Amorim.

Trajetória

Nascida na cidade de Manicoré, a professora titular da Ufam, e agora acadêmica imortal pela segunda vez, possui graduação pela então Universidade do Amazonas; mestrado em Educação Física, pela Universidade de São Paulo (USP); e doutorado em Ciências do Desporto pela Universidade do Porto, além de pós-doutorado pela Universitè de Paris e pela Universitè Rennes.

Ela ministrou as disciplinas Cultura Corporal dos Povos Tradicionais e Seminário de Pesquisa, no Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA) do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS); Dimensões Socioantropológicas do Esporte; Antropologia Cultural e Metodologia do Ensino da Feff. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em esporte e cultura, atuando principalmente nos temas: Estudo de Comunidade: Tradições desportivo-culturais, jogos tradicionais; Corpo: Corporeidade dos povos indígenas; rituais, estudos socioculturais e desportivos e atividade física escolar.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página