Por Sebastião de Oliveira 
Equipe Ascom

Ocorreu nesta segunda-feira, 27, a 1ª Teleaula por Videoconferência para os alunos de graduação do curso de Medicina do Pólo de Coari da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).  A aula ministrada pelo professor Luiz Fernando Passos da disciplina de Patologia Geral teve como tema Inflamação. A Gerência Multidisciplinar de Telessaúde (GMTS) e o Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB) darão continuidade essas atividades, possibilitando aos discentes, por meio da utilização de novas tecnologias, o ensino a distância. Para a GMTS, essa ferramenta é mais uma alternativa para a formação dos cursos de graduação nos pólos da Ufam.

O que é GMTS?

A Gerência Multidisciplinar de Telessaúde (GMTS/Ufam) é órgão complementar vinculada à Reitoria. Criada através da Resolução N.011/2014 do Conselho de Administração (CONSAD), de 24 de março de 2014, tem como objetivas: I – Prover condições de desenvolvimento de ações de teleconsultoria e teleassistência nas diversas áreas de promoção e restabelecimento da saúde no âmbito de atividade da UFAM no Estado do Amazonas; II – Dar suporte e promover atividades de teleducação em saúde; III - Fornecer condições de suporte docente-assistencial ao discentes da área da saúde em estágio nas cidades sede de unidades acadêmicas do interior do Estado do Amazonas em plataforma tecnológica colaborativa; IV – Facilitar ações de pesquisa e extensão para formação e qualificação profissional na área interdisciplinar de telessaúde; V – Viabilizar o estabelecimento de conexões de videoconferência e telepresença; VI – Fornecer suporte técnico aos usuários do sistema de telessaúde da UFAM; VII – Oferecer consultoria técnica e especializada em serviços de teleassistência; VIII – Desenvolver, no âmbito de atuação da UFAM no Estado do Amazonas, as ações estimuladas pelo Programa Telessaúde Brasil Redes e pela Rede Universitária de Telemedicina (RUTE).