Professores Marcus Barros e Marilene Corrêa produzem artigo sobre o documentário Beyond Fordlândia

Na obra, os intelectuais analisam os impactos desastrosos, tanto no passado quanto no presente, do projeto agroindustrial Fordlândia, protagonizado pelo empresário estadunidense Henry Ford na Amazônia entre 1929 e 1945.

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

O artigo intitulado “Beyond Fordlândia: para além da indiferença contemporânea”, de autoria dos professores da Ufam Marilene Corrêa e Marcus Barros, publicado no Jornal Correio do Brasil, no último dia 15 de novembro, consiste em uma análise da obra cinematográfica “Beyond Fordlândia”, dirigida por Marcos Colón e que apresenta, nove décadas mais tarde, o fracasso da ação de Henry Ford na Amazônia.

No final da década de 1920, Henry Ford, um bem-sucedido empresário do ramo automobilístico, resolve ter a própria produção de látex para a fabricação de pneus e, assim, tornar-se independente da produção de borracha asiática. Para tanto, ele adquire uma vasta extensão de terras no estado do Pará e constrói uma cidade para viabilizar seu projeto, marcado por uma intervenção cultural e econômica devastadora, que persiste até os dias atuais. No artigo, os autores classificam a experiência de Ford na Amazônia.como um “atentado”.

O documentário já recebeu três premiações por dar visibilidade aos efeitos de tais intervenções através de depoimentos de índios, posseiros e assalariados rurais.

Sobre os autores:

Marcus Luiz Barroso Barros é ex-reitor da Ufam; membro da Academia Amazonense de Letras; médico e pesquisador com destacada atuação na saúde pública do Amazonas.

Marilene Corrêa da Silva Freitas é presidente do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA); membro da Academia Amazonense de Letras (AAL); ex-reitora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e professora do Departamento de Ciências Sociais da Ufam. Pesquisadora dos Programas de Pós-graduação em Sociologia e em Sociedade e Cultura na Amazônia na Ufam.

Confira, em anexo, o artigo publicado pelos professores da Ufam.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Beyond Fordlandia.pdf)Beyond Fordlandia.pdf[ ]2624 kB