Institucional

Progesp publica resultado preliminar de auxílios estudantis

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) divulga o resultado preliminar dos pedidos de aulíxio Creche, Materiais Didáticos (Matdac) e Participação em Eventos Acadêmicos (Pectec). Confira o resultado abaixo:

Auxílio Creche

Auxílio Matdac

Auxílio Pectec

Os inscritos que tiveram a solicitação indeferida têm dois dias para interpor recurso contra o resultado preliminar. Para tanto, é necessário apresentar argumentação em formulário próprio e entregá-lo no Protocolo da Progesp, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

De acordo com editais dos auxílios (001, 002, 003 de 2019), o resultado final será divulgado em 1º de março. Os benefícios serão implementados a partir dos dias 12 e 13 de março.

Os benefícios são voltados para estudantes matriculados em cursos de graduação presencial da Ufam, em situação de vulnerabilidade socioeconômica, de acordo com o regulamentado pelo Decreto nº 7.234 de 19 de julho de 2010 que trata do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), prioritariamente oriundos de escola pública.

Ufam e parceiros promovem Corrida e Caminhada Solidária em homenagem aos 110 anos da Universidade

Alimentos não-perecíveis arrecadados durante as inscrições serão destinados a entidades filantrópicas como o Abrigo Coração do Pai e a Associação Pestalozzi

Abrigo O Coração do Pai será uma das instituições beneficiadas pela Corrida e Caminhada SolidáriaAbrigo O Coração do Pai será uma das instituições beneficiadas pela Corrida e Caminhada SolidáriaPor Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

A Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade Federal do Amazonas (Feff/Ufam), através do Projeto Universidade Campeã e em parceria com a GYC Produções Audiovisuais e Eventos, promove, no dia 7 de abril de 2019, uma Corrida e Caminhada solidária para homenagear os 110 anos da Ufam.

O evento, designado Corrida e Caminhada Solidária Ufam 110 anos: construindo o futuro na Amazônia, ocorre no dia 7 de abril de 2019, no campus da Ufam em Manaus.

Segundo o coordenador do Projeto Universidade Campeã, professor Gilmar Couto, o evento tem o objetivo de proporcionar aos participantes uma experiência marcante nas trilhas do Campus Universitário, ao mesmo tempo que se trata de uma iniciativa solidária. “A prova terá a distância de 5 km. Todo o percurso será balizado, facilitando o reconhecimento e minimizando o risco de acidentes. Utilizaremos um terreno acidentado, irregular e pouco utilizado, com água, areia, pedras e desnível no perímetro. Trata-se também de um evento solidário, visto que, os participantes com suas inscrições colaborarão com as entidades filantrópicas: Abrigo Coração do Pai e Associação Pestalozzi, visando melhorar a condição de vida de algumas crianças, adolescentes e jovens de Manaus”, explicou .

Inscrições

Podem se inscrever na Corrida, homens e mulheres nascidos até 31 de dezembro de 2003 ou menores, desde que acompanhados pelos responsáveis As inscrições estão abertas desde o dia 27 de janeiro no site do evento .

O valor integral da inscrição é R$ 100,00 (cem reais), mas beneficiários da meia entrada (idosos, PCD´s e estudantes) pagam valor diferenciado. O público em geral também pode fazer uso do valor solidário diferenciado da inscrição, desde que o participante, ao efetivar a inscrição, adquira, obrigatoriamente, por intermédio da organização do evento, um quilo de alimento não perecível, que será doado às instituições filantrópicas Abrigo Coração do Pai e Associação Pestalozzi.

Os preços solidários variam de R$30 a R$50. A comunidade Ufam, por exemplo, ao aderir ao preço solidário estipulado em R$ 40, tem direito a kit composto por camisa, água, medalha, número de peito e o quilo de alimento que será doado para as instituições. A Largada da corrida/caminhada será às 7h, mas os participantes devem comparecer ao local com antecedência para concentração e aquecimento.

Para conferir mais informações sobre a corrida/caminhada, acesse o link de apresentação do evento

Professora Nair Chase torna-se professora titular da Ufam

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

Docente da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) há 34 anos e diretora da Escola de Enfermagem de Manaus (EEM) há duas gestões, a professora Nair Chase realizou, na manhã desta quinta-feira, 24, a defesa de seu Memorial Acadêmico, intitulado “Um olhar para trás para seguir em frente”, requisito para obter o título de professora titular. 

O evento foi prestigiado por professores, alunos e técnicos da EEM, além de amigos e familiares da professora Nair Chase. Durante a apresentação de sua trajetória acadêmica, ela destacou as atividades desenvolvidas como líder do Grupo de Pesquisa “Educação em Saúde e Enfermagem”; membro de bancas examinadoras de teses, dissertações e de concursos públicos para professor de carreira do magistério superior; artigos publicados; premiações advindas do exercício de atividades acadêmicas; participação como conferencista ou palestrante em eventos científicos; atividades de planejamento e de gestão, entre outras.

Missão cumprida e planos para o futuro

Ao final da apresentação, ela ressaltou o amor pela profissão e agradeceu a contribuição de todos os familiares, amigos, colegas de trabalho e alunos para sua trajetória profissional. “Fiz escolhas importante na minha vida: ser enfermeira, ser docente, ser do campo da saúde coletiva e ser do campo da educação. Minha opção se dá pelo que a docência me ensinou e ainda tem a ensinar, pelo que eu contribuí e ainda tenho a contribuir. Tive a oportunidade de transitar em todas as vertentes da Enfermagem, do exercício do magistério à gestão educacional. Trabalhei sozinha e também com meus pares, companheiros da EEM na construção da docência. Ao olhar para minha trajetória, estou satisfeita com o que fiz e, ao concluir esta fase, eu me sinto preparada para fazer mais, como ainda farei”, declarou a docente, em suas considerações finais.

Referências

A docente também mencionou profissionais que se tornaram as principais referências de sua carreira. “Tive referências muito positivas tanto no campo da Enfermagem, quanto na docência em Enfermagem. A primeira delas, Ana Barreto, que atuou como enfermeira-chefe na Santa Casa de Misericórdia de Manaus; a segunda, Josephina de Melo, ambas negras, como eu. O exercício da Enfermagem e da docência-gestão, respectivamente, transbordava no cotidiano dessas mulheres determinadas e competentes que vêm influenciando gerações”.

Banca de avaliação

A defesa foi realizada no miniauditório da Escola de Enfermagem de Manaus (EEM) e teve como examinadoras a professora da Faculdade de Odontologia da Ufam (FAO/ Ufam) Maria Fulgência Lima Bandeira, presidente da banca de avaliação; a professora Maria Lúcia Robazzi (USP); a professora Mary Elizabeth de Santana (UEPA) e a professora Elizabeth Teixeira (ESA/ UEA). 

Em sua avaliação, a professora Maria Lúcia Robazzi destacou que a postulante a professora titular da Ufam cumpriu 50% a mais de cada requisito para se tornar professor titular. “Como avaliadora, eu tive acesso ao documento da Ufam que estabelece os critérios que devem ser observados na defesa de um Memorial e, com base na exposição analítica e crítica realizada, na minha compreensão a senhora está mais que titulada. Quero parabenizá-la pelas premiações, pelo reconhecimento público e, diante disso, só desejo cumprimentá-la por mais essa conquista”, declarou a avaliadora.

A avaliadora Meyre Elizabeth, da Universidade Estadual do Pará (UEPA) também elogiou a trajetória acadêmica e profissional da professora Nair Chase. “Li com bastante atenção seu memorial. Percebi que, além de sermos contemporâneas na formação do curso de Enfermagem, a senhora possui madura produção científica. Também fui gestora e conheço bem os desafios de administração. Por isso, tenho elementos para considerar que sua atuação é muito bem-sucedida tanto na área da docência quanto na área de gestão. Parabéns à nova professora titular da Ufam”.