Ufam aprova 8 doutorados interinstitucionais

Através das parcerias firmadas, Ufam tem a expectativa de formar 124 doutores nos próximos quatro anos.

Reitor, professor Sylvio Puga, com a equipe da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UfamReitor, professor Sylvio Puga, com a equipe da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UfamPor Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) firmou, nas últimas semanas, oito doutorados Interinstitucionais, os Dinters. A iniciativa foi intermediada a partir da atuação da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (Propesp) da Ufam, cuja equipe reuniu-se nesta quarta-feira, 13, com o reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, para apresentá-lo um balanço dos novos termos de cooperação firmados com universidades brasileiras renomadas e bem conceituadas.

Segundo a pró-reitora da Propesp, professora Selma Baçal, na área das Ciências Humanas, os novos Doutorados Interinstitucionais estarão voltados à Filosofia, à Comunicação, à Ciência da Informação e à Educação. 

Na área das Ciências Exatas, a parceria firmada com vistas à formação de doutores será focada à área das Ciências e Tecnologia de Materiais.

Já no âmbito das Ciências da Saúde, os Doutorados Interinstitucionais irão abranger Enfermagem do Adulto, Medicina¹  em Fisiopatologia Clínica e Medicina² em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia. 

Dinters conquistados

Associada com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Ufam disponibilizará o Dinter em Comunicação (13 vagas). Em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), oferecerá o doutorado em Filosofia (15 vagas). A união da Ufam com a Universidade Estadual Paulista (UNESP-Marília) oportunizará a realização do doutorado em Ciência da Informação a 15 candidatos selecionados. Já o convênio com a Universidade Estadual Paulista de Bauru oferecerá 15 vagas para o prestigiado doutorado em Ciências e tecnologia de materiais, o qual tem a nota 7 junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A sinergia da Ufam com a Universidade Estadual Paulista de Botucatu (UNESP-Botucatu) rendeu dois doutorados interinstitucionais para a área de Medicina: o Medicina 1 – Fisiopatologia Clínica e o Medicina 2 – Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia.

 Campi contemplados

As unidades acadêmicas da Ufam no interior do Amazonas também foram contempladas pelos Dinters. O Instituto de Saúde e Biotecnologia de Coari (ISB) sediará o doutorado em Enfermagem do Adulto (16 vagas), a ser realizado em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e, embora o doutorado em Educação, realizado em parceria com a Universidade Estadual Paulista de Presidente Prudente (UNESP-Presidente Prudente), esteja previsto para ser realizado em Manaus, as 20 vagas serão voltadas, prioritariamente, para os docentes do Instituto de Natureza e Cultura (INC); do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente de Humaitá (IEAA) e do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia, de Parintins (ICSEZ), unidades acadêmicas que, além da Faculdade de Educação em Manaus (Faced/Ufam), oferecem o curso de Pedagogia.

Diferencial

O reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, ressaltou a destinação de vagas dos Dinters para os técnico-administrativos em Educação da Universidade como um dos principais diferenciais dessas ofertas de doutorado. ”Esses Dinters aprovados vão muito além da qualificação de nossos docentes, por contemplar também os técnico-administrativos em educação da nossa Universidade. Isso porque entendemos ser muito importante a qualificação deles. Dessa forma, estamos cumprindo um compromisso que assumimos de buscar qualificação para nossos docentes, sem excluir os técnicos que trabalham, diuturnamente, conosco”, afirmou.

O reitor elogiou ainda os resultados alcançados pela equipe da Pró-reitoria de Pesquisa e Pos-graduação (Propesp). “A equipe da Propesp, liderada pela doutora Selma Baçal, tem feito todo um esforço, indo constantemente a outras regiões do país para firmar parcerias e trazer esses doutorados interinstitucionais. É um serviço árduo que vem sendo muito bem executado e rendido excelentes resultados para a nossa Ufam. Parabéns a todos”, congratulou o reitor.

Mais doutorados interinstitucionais

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, professora Selma Baçal, afirma que a busca por novos doutorados interinstitucionais é contínua. “Os trabalhos em busca de novos doutorados interinstitucionais não param. Agora estamos batalhando pelo doutorado em Engenharia de Produção. É importante que se destaque que houve um hiato de 5 anos na oferta de Dinter em nossa Universidade. Em razão disso, a demanda em nossa instituição por formação de professores doutores é bastante elevada, Hoje, inclusive, há docentes que saindo daqui da Ufam para realizar o doutorado em outras instituições sem receber bolsa de estudos. Mas essas parcerias agora firmadas vão preencher essa lacuna. Esses doutorados interinstitucionais serão a oportunidade para que, tanto nossos docentes quanto nossos técnicos, tenham boa formação sem esse sacrifício todo de sair da região. Estimamos que, em quatro anos, os frutos desse trabalho sejam mais 124 doutores na Ufam”, ressaltou a pró-reitora, que anunciou também que os editais serão publicados em breve e que os processos seletivos devem ocorrer ainda em 2018.