Fórum para o Desenvolvimento do Amazonas inicia no dia 08 de março

 

“Zona Franca de Manaus e modelos alternativos para o desenvolvimento do Estado do Amazonas” é o tema da sessão inaugural.

"Através da Extensão, vamos até a sociedade e aos órgãos de governo para contribuir com a transformação da realidade social amazonense", afirmou o pró-reitor de Extensão, professor Ricardo Bessa"Através da Extensão, vamos até a sociedade e aos órgãos de governo para contribuir com a transformação da realidade social amazonense", afirmou o pró-reitor de Extensão, professor Ricardo Bessa

 
Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

Promovido pela Pró-reitoria de Extensão (Proext), o Fórum para o Desenvolvimento do Amazonas tem o objetivo de contribuir com a transformação da realidade social amazonense a partir da identificação dos problemas que mais afligem a população e entravam o desenvolvimento do Estado.

Estruturado em sessões semanais programadas para ocorrem às quintas-feiras, o Fórum funcionará a partir das 14h, na sala de reuniões da Proext. A primeira sessão inicia no dia 08 de março com o tema Zona Franca de Manaus e modelos alternativos para o Estado do Amazonas. “Queremos debates intensos e qualificados. Convidaremos, além dos gestores dos municípios, nossos mestres e doutores para que apresentem suas pesquisas e, consequentemente, suas propostas para a realidade de cada município do Amazonas. A agenda dos temas abordados no Fórum será divulgada com 20 dias de antecedência no site da Ufam. Com essa iniciativa, socializamos o conhecimento produzido pela Universidade e o tornamos útil. Através da Extensão vamos até a sociedade e aos órgãos de governo para poder contribuir”, afirmou o pró-reitor de Extensão, professor Ricardo Bessa.

Ao final de cada sessão, será redigido um relatório com as propostas dos participantes do Fórum. “Temos que, efetivamente, contribuir com a transformação da realidade social amazonense, que é onde nós atuamos. O Fórum vai estimular o conhecimento sobre a realidade social de cada município do Amazonas e, a partir da identificação dos problemas e dos recursos naturais, vamos buscar alternativas para o desenvolvimento dos municípios”, ressaltou o pró-reitor.

 

Certificado de horas complementares

Após cada sessão do Fórum será emitido certificado de 03 horas aos participantes.