Show do violonista Sebastião Tapajós, nesta quinta, 07, resgata Festival Universitário de Música da Ufam

Espetáculo marca o processo de retomada do Festival Universitário de Música da Ufam

 

Apresentação do violinista, na Ufam, representa a retomada do Festival Universitário de Música da InstituiçãoApresentação do violinista, na Ufam, representa a retomada do Festival Universitário de Música da Instituição

Por Márcia Grana
Equipe Ascom Ufam

A partir das 17h desta quinta-feira, 07, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) recebe o show “Por entre as árvores”, do consagrado violonista Sebastião Tapajós. O espetáculo será apresentado no Centro de Convivência da Ufam, no Setor Norte.

Segundo o músico Pedrinho Ribeiro, o evento marca o início da retomada do Festival Universitário de Música da Ufam. “Fui convidado pela nova administração da Ufam para ajudar na retomada do Festival Universitário de Música (FUM) e nada melhor para marcar o resgate do Festival Universitário de Música que um show do SebastiãoTapajós. Ontem mesmo o Sebastião se apresentou no Teatro Amazonas, pelo Projeto Música de Estrada, via Secretaria de Estado de Cultura. O Sylvio Puga e o Jacob Cohen conhecem minha capacidade de realização. Presidi a curadoria do primeiro FUM e fui o primeiro Secretário de Cultura de Parintins. Então, juntar a vontade política da administração superior com minha notória experiência no cenário cultural e a parceria do Diretório Central dos Estudantes (DCE) para reorganizar o Festival só pode resultar em um evento bem-sucedido. Outro ponto positivo que preciso destacar é que a Secretaria Estadual de Cultura (SEC) dará todo apoio na promoção do FUM, que será realizado em 2018. Com o apoio da SEC, vamos promover eliminatórias do Festival em todos os campi”, declarou o artista.

Perfil

Com sólida carreira internacional e mais de 50 discos lançados, Sebastião Tapajós é formado pelo Conservatório Carlos Gomes, em Belém. Ao longo de sua carreira, o artista já tocou com nomes conhecidos da MPB como Hermeto Pascoal, Jane Duboc e Joel do Bandolim. Sebastião também é Doutor Honoris Causa da Universidade do Estado do Pará e da Universidade Federal do Oeste do Pará.