Nova política de concessão de bolsas da Ufam atenderá todos os alunos dos PPGs

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufam realizou, nesta terça-feira, 12, no auditório da Faculdade de Ciências Agrárias, a 3ª Reunião do Fórum dos Coordenadores de Pós-Graduação. O encontro foi para divulgar a nova política de concessão de bolsas de pesquisa - e o seu remanejamento, em caso de subutilização - e proceder à prestação de contas em relação à meta de utilização de cotas de bolsas, tanto as oriundas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), quanto da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam). 

A pró-reitora da Propesp, professora Selma Baçal, foi quem coordenou a apresentação da nova política, explicando as diretrizes estabelecidas para concessão dos benefícios. Segundo ela, as bolsas passarão a ser implementadas conforme a demanda dos PPGs e, caso o Programa não as execute no prazo de 90 dias, ou seja, não as destine para mestrandos e/ou doutorandos, as bolsas serão ofertadas a outro PPG que as tenham pleiteado. "O remanejamento é consequência de uma decisão discutida no âmbito da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação (CPPG) e visa evitar a perda de recursos de pesquisa, o que na atual conjuntura, prejudica bastante nossas produções científicas", salientou.

Pró-reitora, professora Selma Baçal, fala aos coordenadores dos PPGsPró-reitora, professora Selma Baçal, fala aos coordenadores dos PPGs

Ela disse, ainda, que o saldo da utilização de cotas de bolsas na Ufam é positivo. “Esta é a 3ª Reunião para a qual a Propesp convoca o Fórum de Coordenadores de Pós-Graduação. "Consideramos que o encontro resulta em um saldo positivo para a Universidade e os pesquisadores, porque não há aluno na Ufam que não conte com a segurança da bolsa de estudos para realizar a sua pesquisa. Estamos viabilizando os processos de solicitação dos benefícios para atender a necessidade de cada PPG”, explicou a pró-reitora, Selma Baçal.

A estimativa é a de que cerca de 80% dos coordenadores de PPGs tenham participado do Fórum, podendo ter acesso a informações relativas ao funcionamento da política de pesquisa e pós-graduação da Instituição. O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Informática, professor Eduardo Feitosa, foi um deles. Como gestor, ele destacou a importância de participar do Fórum de Coordenadores de Pós-Graduação, visto que o espaço representa o local mais apropriado para debater temas inerentes ao cotidiano dos PPGs. "Aqui temos acesso às informações de como os programas funcionam, como resolvem algumas situações, são experiências que podem ser utilizados pelos coordenadores”, disse Eduardo Feitosa.